Wareline: 33 anos com olhar sempre no futuro

2022-05-20T12:33:48-03:00 20/05/2022|

Quando a Wareline surgiu, no final da década de 80, os tempos eram outros. Como os hospitais ainda estavam aprendendo a trabalhar com o Sistema Único de Saúde (SUS) e enfrentavam dificuldade na rotina de faturamento, viemos com a missão de ajudar as instituições a driblar os novos desafios e faturar corretamente.

 

Apresentamos um sistema que acabava com as inconsistências, que garantia que todos os serviços cobrados pelos hospitais seriam, de fato, recebidos. Firmamos parcerias e fomos ganhando confiança dos gestores e administradores da área da saúde. Mal sabíamos que a nossa missão de viabilizar cada vez mais serviços em saúde para as mais variadas regiões do País estava apenas começando.

 

Tecnologia e relações humanas movem a empresa

 

Atenta à informatização dos hospitais, a Wareline ampliou sua atuação sistematizando muitos outros processos dentro das instituições. Desenvolvemos um ERP robusto e aderente a diversos hospitais e sempre trabalhamos de maneira muito próxima com o cliente. Fomos crescendo e ganhando espaço.

 

“O nosso crescimento acabou sendo consequência de um movimento constante que engloba dois fatores: o nosso DNA pautado na tecnologia e o nosso foco nas relações humanas”, conta Paula Usier, sócia e Diretora de Marketing da Wareline. Melhorar a gestão dos hospitais com a tecnologia é um desafio que se reapresenta com o passar dos anos e com as mudanças do setor.

 

 

Então a capacidade de criar, recriar e cocriar produtos e soluções tecnológicas aderentes a isso é o que faz com que sejamos relevantes nesses 33 anos de atuação.  Sem perder a essência de sempre mirar nas relações humanas. “A proximidade, a confiança e a didática, por exemplo, estão nos nossos valores. Nascemos como facilitadores e queremos que nossos produtos e serviços sempre reflitam essa escuta e esse entendimento do outro”, diz Paula.

 

Wareline: mais de 350 hospitais em 20 estados e no Distrito Federal

 

A Wareline está hoje entre os 5 maiores players em seu segmento e atende mais de 350 hospitais em 20 estados do Brasil e no Distrito Federal. Um dos pontos que mais nos orgulha é termos um tempo médio de contrato de 9 anos com nossos clientes. É um casamento.

 

Hoje são mais de 70 mil usuários ativos diariamente em nossos sistemas, o que faz com que a Wareline tenha papel decisivo tanto na eficiência operacional quanto na qualidade assistencial e na experiência do paciente.

 

Pensando em eficiência operacional, promovemos a integração entre os setores, otimizamos a gestão dos custos, fornecemos indicadores e melhoramos o prazo médio de recebimento — diminuindo as glosas e evitando perdas.

 

Na qualidade assistencial, estabelecemos parcerias com o corpo clínico e levamos segurança ao paciente. E isso resvala na experiência do paciente: a Wareline coloca o paciente, que é um cliente para a instituição, no centro de todo o processo.

 

Wareline e pandemia: amadurecimento e aprendizado

 

“Nós trazemos mais saúde a cerca de 30 milhões de brasileiros, o que nos motiva a driblar os tantos desafios que surgiram nesses 33 anos”, conta Paula. Um desses exemplos é a pandemia da Covid-19, que foi um grande marco para a saúde brasileira – e para nós. Ela derrubou as barreiras que impediam uma adoção ampla de diversas tecnologias, entre elas a telemedicina.

 

Havia um senso de urgência desafiador, é verdade, mas evoluímos nosso produto para suportar as mudanças trazidas pela telemedicina para dentro do prontuário eletrônico. Agora, é possível reinventarmos modelos virtuais e híbridos de atendimento com objetivo de melhorar o acesso à saúde, os resultados e a acessibilidade.

 

A pandemia também nos colocou na posição de ser uma forte rede de apoio aos nossos clientes. Evoluímos processos para possibilitar formas alternativas de aprendizado, implementamos treinamentos remotos, assíncronos, webinars, entre tantas outras formas de disseminar conhecimento para que novos hospitais e usuários começassem a usar nossas soluções. Contribuímos para viabilizar hospitais de campanha em tempo recorde.

 

Do lado de cá, nosso time aprendeu novas formas de se comunicar, novas maneiras para estar próximo uns dos outros e dos nossos clientes. Amadurecemos a nossa operação como um todo e saímos mais fortes dessa experiência.

 

O que podemos esperar da Wareline

 

Se a pandemia trouxe consequências positivas, uma delas foi acelerar a criação de um ecossistema mais diverso em termos de soluções e tecnologias disponíveis. Muitas inovações surgiram para resolver os principais gargalos dessa área, como justamente colocar o paciente no centro das discussões.

 

Nesse cenário, a Wareline se depara com mais uma oportunidade de transformação: se tornar um hub.

 

A interoperabilidade passa a ser chave para que a gestão da saúde seja fluida e ágil. A informação tem que ser, de fato, do paciente.  “É uma mudança de paradigma que já está acontecendo e que as possibilidades em nuvem nos ajudarão a solucionar”, diz Paula.

 

Esse é o futuro da Wareline – e já estamos dando os primeiros passos. São 33 anos de inovação, de transformação e de revolução que não param por aqui. Estamos de olho no futuro e convidamos você a vir conosco!

Envie sua mensagem via WhatsApp