Vídeo: tecnologia para enfrentar desafios de gestão de equipes hospitalares

2019-09-11T16:02:10-03:00 12/09/2019|

As pessoas são um dos pilares estratégicos de sustentabilidade do negócio do hospital. Assim, é natural que seus profissionais precisem ser capacitados e que estejam motivados, assegurando a segurança e a qualidade do cuidado prestado. “A presença do humano no processo de trabalho é uma das principais características do processo hospitalar, seja no que diz respeito à força de trabalho, ao uso e domínio dos materiais e ferramentas, ou no próprio resultado do que é entregue, que é o atendimento prestado. E a presença do indivíduo em todo esse processo é justamente o que traz diversas possibilidades e também complexidades no atendimento”, é o que explica Andréa Cardoso atua no setor de Recursos Humanos da Wareline.

 

Para falar sobre esses desafios que o gestor hospitalar precisa lidar diariamente, convidamos Andréa para um bate papo que você pode conferir na íntegra no vídeo abaixo. Com mais de 7 anos de experiência em gestão e desenvolvimento de pessoas, Andréa é graduada em Psicologia pela Universidade Federal de Minas Gerais e possui MBA em Gestão Estratégica de Pessoas com foco no Desenvolvimento Humano de gestores pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Gestão na saúde: o papel do humano e da tecnologia

Para Andréa, o trabalho do gestor hospitalar passa por planejar, dominar ferramentas e olhar para a equipe para tirar dela o que de melhor ela tem para dar. “Somente assim será possível atingir as metas estabelecidas e o propósito que rege a instituição. E isso necessariamente passa por alinhar propósitos, motivar e engajar, identificar características de cada profissional e integrá-las em busca de resultado e performance”, orienta Andréa.

 

Apesar de ser um cenário complexo, o gestor hospitalar pode contar com ferramentas e tecnologias para auxiliá-lo como o sistema de gestão, que é um aliado na busca por melhores resultados, pois permite organização do workflow do hospital, gestão de indicadores e atuação mais efetiva dos times. “Ele faz isso na medida em que facilita a atenção à saúde, desde a entrada ou registro do paciente até a sua alta e faturamento. Como ele faz isso? Organizando a rotina de trabalho, integrando informações, captando indicadores que podem resultar em decisões mais assertivas e que serão decisivas para a economia do hospital, proporcionando mais segurança da informação e também dos pacientes. E o primordial é entender que o capital humano é quem faz a gestão disso, daí a importância dele estar bem integrado, motivado e capacitado”, garante a profissional.

Sistema de gestão hospitalar: informação estratégica

A gestão hospitalar é complexa, o que faz com que a própria administração da informação seja uma atividade estratégica. Por que isso acontece? Porque é por meio dessa informação que a instituição de saúde terá conhecimento de como ela está atuando e se é capaz de se manter competitiva no mercado. Cuidar para que esses dados tramitem de maneira segura no sistema otimiza processos, reduz possibilidade de incorreções, diminui o tempo dedicado à digitação de relatórios, e, claro, minimiza os custos operacionais.

 

Um bom sistema de gestão, integra pessoas e processos ao facilitar que os profissionais compreendam sua rotina diária e tenham acesso às informações pertinentes possibilitando o acompanhamento e avaliação do trabalho com base nos resultados esperados e na segurança do cuidado prestado ao paciente.

Outro fator determinante é que o sistema aumenta a segurança da informação da empresa. E, como dito acima, os dados provenientes dos sistemas de gestão vão justamente auxiliar no aumento da eficiência das equipes. Isso porque o mercado busca produtividade em uma equação simples: fazer mais com menos recursos e em menos tempo. Essa nova realidade passa a exigir, cada vez mais, a especialização de profissionais para que eles possam compreender as funcionalidades e como os indicadores dessas ferramentas ajudam realmente a fazer do sistema um aliado da gestão.

Na prática: sistema de gestão facilitando rotinas

Agilidade e controle dos processos

Os softwares de gestão foram desenvolvidos para agilizar e facilitar as atividades operacionais que fazem parte da rotina hospitalar de todas as instituições de saúde. Isso significa que processos que costumavam ser complicados são realizados automaticamente ou em poucos cliques. Isso possibilita que os profissionais possam focar em atividades que efetivamente melhoram os serviços da instituição e o atendimento prestado.

Parametrização da ferramenta

A dinâmica de trabalho em cada hospital tem particularidades únicas. Assim, a utilização de parâmetros do sistema para que ele se encaixe perfeitamente aos processos desenhados pelo hospital são bastante estratégicas. É assim que profissionais das instituições poderão ter uma aderência mais rápida à utilização da ferramenta. 

Dados confiáveis

O registro em papel ou planilhas isoladas passa a ser realizado de forma online e estruturada. O resultado é mais confiabilidade nas informações que serão inseridas ou consultadas pelas equipes. Além de uma redução de erros em razão de letras incompreensíveis ou perda de documentos, por exemplo.

Compartilhamento de Informações

O sistema permite uma visão mais ampla e com dados confiáveis vindo de todos os setores do hospital. Essa maior cooperação entre os profissionais e visão global dos processos oferece a oportunidade de se corrigir pontos específicos da gestão ou mesmo tomar decisões mais embasadas quanto ao cuidado,  investimentos em cada área, compra de suprimentos e máquinas, entre outras.

Mais economia

Com base em todos os benefícios que o software hospitalar oferece, ele também tem potencial para reduzir os custos da organização em razão de uma gestão mais organizada e com base em informações confiáveis. São pessoas e dados trabalhando em conjunto, de maneira organizada e proporcionando melhor performance e resultados assertivos.

Investir em Tecnologia

Ficou claro como um gestor hospitalar com conhecimento e acesso a ferramentas estratégicas, trabalhando em conjunto com uma equipe engajada e qualificada são essenciais para uma performance ainda melhor na saúde? A gestão efetiva demanda o uso de ferramentas tecnológicas que possibilitem uma melhor administração de processos. Utilizar um software de gestão é um investimento no cuidado: das informações, dos profissionais e dos pacientes. Conheça nosso software de gestão hospitalar, que reúne e integra dados e rotinas das instituições de saúde, auxiliando na gestão e dando a clareza e confiança necessárias para os profissionais cuidarem do que mais importa.