5 benefícios de contar com uma contabilidade hospitalar bem estruturada

2020-04-16T10:30:48-03:00 16/04/2020|

O gerenciamento das finanças de qualquer negócio não é tarefa fácil. Imagine em um hospital, em que as rotinas vão além do controle de entradas e saídas de pagamentos. Negociar contratos, gerir fluxos de caixa, manter um capital de giro para as despesas da instituição e, ainda, contar com reservas líquidas para custos sobressalentes e inesperados. Tudo isso (e muito mais) é desafio de quem faz a gestão na área da saúde. E cabe a um departamento específico atuar em cada um desses pontos: a contabilidade hospitalar.

 

Ali, contadores são responsáveis por elaborar relatórios que norteiam o planejamento financeiro do hospital e que permitem sua sustentabilidade econômica e financeira. É também deles a função de fazer com que a instituição atue na legalidade, pague os tributos e atenda as exigências dos conselhos de classe.

 

É por isso que contar com um setor de contabilidade é diferencial para instituições de saúde. No entanto, alguns cuidados são necessários para que ele atenda a expectativa dos gestores: ele precisa ser bem estruturado e estratégico para contribuir na tomada de decisões, na otimização de recursos e com a saúde financeira da instituição.

 

Listamos os 5 principais benefícios em contar com uma contabilidade hospitalar bem estruturada. Confira!

 

  1. Planejamento de ações

Todas as contas do hospital devem estar organizadas em bases seguras e acessível à equipe gestora. Uma boa gestão de contabilidade hospitalar tem sob controle toda a geração de receitas, pagamentos de tributos e manutenção de custos operacionais.

 

Quando há organização e planejamento, é possível que haja acompanhamento contínuo das atividades contábeis e fica mais fácil projetar ações e direcionar recursos e esforços.

 

  1. Evita-se prejuízos

Se o primeiro passo, que é o planejamento de ações, for eficiente, certamente acarretará em menos desperdício de tempo, energia e, claro, dinheiro.

 

Quando as contas estão organizadas, a compra é feita de forma inteligente. De um lado, evita-se a falta de itens essenciais para a prestação do serviço; do outro, não há perdas de materiais por vencimentos. Uma boa contabilidade, portanto, representa menos prejuízo à instituição de saúde.

 

  1. Otimiza o faturamento

Ao padronizar os lançamentos que devem ser cobrados, a contabilidade cria melhores condições para identificar, analisar e estimar todas as entradas contábeis da instituição de saúde. A otimização do faturamento é necessária para controlar e supervisionar todas as práticas financeiras do hospital.

 

  1. Atenção às particularidades da saúde

Ter uma contabilidade especializada, que compreenda as particularidades da rotina e as diversas modalidades e exigências dos conselhos de classe faz toda a diferença. A segmentação permite que o atendimento seja padronizado de acordo com as necessidades dos profissionais da área da saúde, tornando os processos menos burocráticos e fazendo com que priorizem o atendimento ao paciente.

 

Quando se trata de instituições de saúde do terceiro setor, é imprescindível ética e transparência na transmissão de dados de interesse público, sobretudo ligadas a transações com o governo.

 

Além disso, como as legislações da ANS são mutáveis, é preciso que o departamento de contabilidade compreendas todas as normas que estão em vigor. Os dados, portanto, devem estar sempre atualizados.

 

  1. Conhecimento de impostos

Uma boa contabilidade também precisa conhecer a carga tributária específica que incide sobre as contas do hospital. Com isso, pode identificar possibilidade de diminuir a quantidade de impostos com formas de isenção e/ou compensações.

 

 

Tecnologia auxilia na eficiência da contabilidade

 

Ficou claro que um departamento de contabilidade estratégico otimiza recursos e contribui para a tomada de decisões. Assim, ele é fundamental a qualquer instituição que lida com recursos financeiros e faz toda a diferença em hospitais que querem manter sua saúde financeira.

 

Os recursos tecnológicos disponíveis hoje no mercado vêm ao encontro dos anseios dos gestores e profissionais da contabilidade. Há soluções em saúde que são direcionadas para gerenciamento de receitas, tributos e cursos, permitindo uma visão global de todos os processos financeiros executados dentro do hospital.

 

 

Módulo Contabilidade

 

É o caso do sistema da Wareline, que conta com o Módulo Contabilidade. Ele mantém funcionalidades que trazem análises financeiras detalhadas, projeções e planejamentos. Os dados integrados permitem a importação das informações de gestão para a contabilidade, evitam divergências no faturamento e erros no registro contábil.

 

A ferramenta permite, ainda, o acompanhamento das movimentações e também a geração de relatórios de balanço mensais, trimestrais, semestrais ou anuais.

 

Essa ferramenta integra as operações realizadas por setores como o estoque, o financeiro e o faturamento. Com isso, permite o fechamento contábil de forma rápida e segura. O módulo “Contabilidade” também possui conexão com o “Patrimônio”, facilitando o controle dos ativos fixos da instituição e incluindo essa dinâmica dentro da esfera econômica. Descubra as demais funcionalidades clicando aqui!

 

Além disso, está sempre atualizado para atender a exigências contábeis no setor de saúde, sendo um grande facilitador do trabalho de contabilistas. Se você busca por mais eficiência na contabilidade do seu hospital, aposte no sistema da Wareline!