Dia da Saúde e Nutrição: como a alimentação impacta no aumento da imunidade

2021-03-25T10:03:41-03:00 25/03/2021|

Quem nunca preparou um suco de laranja quando os primeiros sinais de um resfriado apareceram? Quem já não tomou mel, própolis ou água com limão para reforçar o sistema imunológico? Quem nunca disse à pessoa que ama que é preciso se alimentar bem para sarar rápido?

 

Desde a infância ouvimos dizer que é preciso cuidar da saúde para proteger o organismo de agentes infecciosos que causam doenças. Agora, com o surgimento do novo coronavírus, a importância de uma boa imunidade ficou ainda mais evidente: ela, somada aos cuidados como distanciamento, uso de máscaras e higienização das mãos, é uma grande aliada para evitar a doença. Mas, afinal, o que é imunidade e como contribuir para que ela esteja “alta”?

 

Um dos principais caminhos para isso está justamente ligado a uma boa alimentação. Em 31 de março celebramos o dia da Saúde e Nutrição, um momento propício para lembrar como uma dieta equilibrada pode ser uma barreira para evitar doenças e também para auxiliar na nossa recuperação.

 

 

Boa nutrição garante sistema imunológico em funcionamento

 

Para que o corpo esteja apto a combater os agentes estranhos e garantir nossa proteção, ele precisa estar em pleno funcionamento. São os hábitos de vida saudáveis que contribuem para garantir que o sistema imunológico esteja adequado e apto para o esse “combate”.

 

Dentre as medidas que podem (e devem) ser adotadas para garantir o funcionamento do sistema imunológico, estão: dormir bem, praticar atividade física, evitar situações que provoquem o estresse e manter a mente saudável. Mas um dos principais é ter uma alimentação balanceada.

 

Assim, a nutrição tem grande importância no papel tanto para manutenção da saúde quanto para prevenção e tratamento de doenças. Em artigo publicado pela Sociedade Brasileira de Imunologia, especialistas afirmam que, para que as diversas células do sistema imunológico funcionem de maneira adequada, é necessário que nutrientes apropriados sejam ingeridos na quantidade e qualidade corretas pelo indivíduo.

 

Assim, a nutrição — em falta ou em excesso — é parte fundamental no processo de manter o sistema imunológico em funcionamento e, consequentemente, a imunidade do organismo “em alta”. Isso resvala tanto nas atitudes que incorporamos no nosso dia a dia, com base em dietas equilibradas, quanto naquilo que os hospitais oferecem de alimentos aos seus pacientes.

 

 

Nutrição hospitalar

 

No departamento de nutrição hospitalar, nutricionistas e técnicos coordenam todo o processo de produção de alimentos (preparo, higiene, distribuição), elaboram os cardápios, atendem os pacientes e monitoram o estado nutricional dos pacientes, num trabalho integrado junto aos médicos e equipe de enfermagem.

 

Esse trabalho é decisivo na recuperação dos pacientes, no seu bem-estar e no fortalecimento do sistema imunológico de quem está acometido de qualquer enfermidade.

 

 

Nutrição hospitalar precisa ser estratégica 

 

O setor de nutrição hospitalar tem um papel estratégico não apenas na contribuição para a cura e/ou restabelecimento de pacientes. Ele também permite um melhor controle financeiro das instituições, na medida que contribui para a recuperação dos pacientes e pode ajudar a reduzir seu tempo de internação, bem como possibilita melhor controle do desperdício dos alimentos.

 

Mas, para que essa gestão estratégica seja colocada em prática, é preciso criar indicadores, defini-los com qualidade e fazer o monitoramento com metas. A boa gestão está ligada à definição de planejamento, à análise da produção de refeições, ao acompanhamento das refeições dos comensais e à padronização de preparações.

 

 

Tecnologia

 

Aqui, a tecnologia é grande aliada para que os profissionais da área tenham em mãos informações que vão desde a dieta do paciente até o número de internados. Lembramos aqui o papel estratégico dos profissionais do setor aos hospitais.

 

O módulo Nutrição da Wareline atende as especificidades do setor, indica a compra necessária para atender a demanda, contribui para uma melhor gestão de custo — ao mesmo tempo que garante mais assertividade e qualidade na entrega das refeições e, claro, reforça o sistema imunológico dos pacientes.

 

Você sabe quais alimentos contribuem para aumentar a sua imunidade? Acompanhe nossas redes sociais e participe do quiz que preparamos para a próxima semana:

 

Linkedin: https://www.linkedin.com/company/wareline/

Instagram: https://www.instagram.com/warelinedobrasil/

Facebook: https://www.facebook.com/warelinedobrasil

Envie sua mensagem via WhatsApp