O que é importante saber sobre o certificado digital gratuito do CFM

2022-04-20T15:12:33-03:00 20/04/2022|

O fim de 2021 trouxe uma notícia que impactou o setor de saúde, em especial a comunidade médica: o Conselho Federal de Medicina (CFM) passou a oferecer, de maneira inédita e gratuita, certificado digital a todos os médicos.

 

Com isso, os profissionais que estiverem adimplentes com o conselho podem solicitar o Certificado Digital do CFM em nuvem, registrado e no padrão ICP-Brasil. É uma medida que vem para dar validade jurídica e segurança aos documentos eletrônicos.

 

Certificado digital na saúde

 

Os certificados digitais são documentos de identidade para uso no mundo eletrônico. Com eles, os médicos poderão assinar documentos médicos, procurações e contratos com garantia de autoridade, integridade e autenticidade do documento.

 

Chamada de autoridade certificadora raiz, a ICP Brasil funciona como um selo de credibilidade e confiança. Isso garante que o prontuário eletrônico, o receituário e os atestados médicos foram assinados por determinado médico — e não por outra pessoa.

 

O que muda com o certificado digital do CFM

 

Segundo o próprio Conselho Federal de Medicina, o Certificado Digital tem validade de um ano e pode ser renovado gratuitamente por médicos mais quatro vezes, totalizando 5 anos sem custo adicional. Para ter direito ao Certificado Digital do CFM, o médico deve estar adimplente e com os seus dados atualizados no sistema do conselho.

 

Com a novidade, os médicos fazem a captura da biometria no CRM para encaminhar os dados ao PSC (Prestador de Serviço de Confiança) e validados. A partir de então, já conseguem emitir seu certificado digital em nuvem, de maneira ágil e sem necessidade de impressão de papel, o que contribui para reduzir tempo com deslocamento e atendimentos.

 

A ferramenta é imprescindível para quem trabalha com telemedicina, mas pode ser usada também no atendimento presencial. E, quando o certificado é integrado ao sistema de gestão hospitalar, as vantagens são ainda maiores.

 

Wareline está preparada para a integração

 

A Wareline está com o seu sistema de gestão pronto para a integração com o certificado digital do CFM. Para os hospitais, isso representa mais segurança, melhora da eficiência operacional e redução de tempo.

 

Ter o certificado digital integrado ao sistema de gestão hospitalar significa que o médico não precisará sair do ERP para assinar o Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP): ele já estará cadastrado pelo hospital para ter acesso à assinatura digital dentro do sistema da Wareline.

 

Isso contribui exponencialmente para melhorar a experiência de uso do médico e agilizar os processos hospitalares. Isso sem falar na possibilidade de fazer o rastreamento de todo o procedimento e histórico do paciente, não precisar investir em expansão de arquivo físico, ter maior segurança de dados e menor risco de erros por conta da automatização dos processos.

 

Mas as instituições de saúde que quiserem utilizar o certificado digital do CFM precisam contratar o módulo de assinatura digital. É ele que permite a autenticação da entrada do usuário nos sistemas de forma segura, a proteção de confidencialidade e a integridade dos dados.

 

Com o módulo é possível integrar e simplificar todos os processos do hospital, principalmente aqueles relativos ao Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP). Os prontuários e fichas de evolução e anamnese podem ser utilizados em formato digital e com respaldo jurídico, sem a necessidade de impressão, o que resulta em economia de papel e também de espaço no armazenamento desses documentos.

 

Se você é cliente da Wareline, contrate agora o módulo assinatura digital para que possa usufruir do certificado CFM no nosso sistema e assinar eletronicamente. Se você ainda não é cliente, fale conosco e obtenha todas as vantagens que um sistema de gestão hospitalar eficiente pode proporcionar!

Envie sua mensagem via WhatsApp