• Administrador Hospitalar

Série Por Dentro da Gestão celebra Dia do Administrador Hospitalar

2022-07-14T16:07:58-03:00 14/07/2022|

Você conhece Camilo de Léllis? Ele é a razão pela qual celebramos, no dia 14 de julho, o Dia do Administrador Hospitalar. E por mais que 440 anos separem os nascimentos deste religioso italiano e de Alice Fernanda Bezerra, suas histórias têm algumas semelhanças.

 

A primeira está no fato de ambos irem do sonho militar à administração hospitalar. Alice não chegou a concretizar seu sonho, já São Camilo de Léllis – canonizado em 1742 –, foi expulso da tropa. Depois, se começássemos a nos aprofundar em suas características em comum, ficaria evidente que estar à frente de um hospital continua sendo um ato de disciplina, resiliência e de muita entrega – mesmo tantas décadas depois.

 

O padroeiro dos enfermos e profissionais de saúde foi da carreira militar para a dedicação em servir aos doentes e pobres em hospitais italianos. Ele fundou a “Companhia dos Servidores dos Enfermos”, conhecidos como Camilianos, e o dia do seu falecimento veio a ser o Dia do Administrador Hospitalar. É uma data que homenageia aqueles profissionais que colocam o paciente no centro das atenções e que se doam de forma verdadeira e sincera para priorizar a saúde do próximo.

 

Para comemorar o dia 14 de julho, trazemos a história de um desses profissionais: Alice Fernanda Bezerra, administradora hospitalar do Hospital e Maternidade Nossa Senhora das Graças de Itaporanga. Uma mulher forte que vislumbrou oportunidades em meio às brechas que surgiram pelo seu caminho. A protagonista deste segundo episódio da nova série da Wareline, Por Dentro da Gestão.

 

 

O segredo está em aproveitar as oportunidades

 

Alice tem 32 anos, 21 de carreira profissional. Trabalha desde os 11 anos e não imaginava que sua vida seria dedicada a cuidar daqueles que cuidam. Hoje formada em Ciências Contábeis e pós-graduada com MBA em Gestão Hospitalar, seu sonho de seguir carreira militar foi colocado em segundo plano quando foi convidada a trabalhar no Hospital e Maternidade Nossa Senhora das Graças de Itaporanga.

 

Foi seu primeiro registro em carteira, em 2009, como telefonista. “Não tinha perspectivas, porém com meu desempenho fui crescendo na empresa. Aproveitei cada oportunidade e procurei me especializar na área”, conta Alice, que um ano depois da admissão já foi transferida para o setor contábil/recursos. Nestes 13 anos de empresa, foram muitos os desafios superados, os conhecimentos adquiridos e as oportunidades aproveitadas. Em cada passo Alice colhia os frutos que a tornaram a profissional que é hoje.

 

O dia a dia de quem não tem rotina


Engana-se quem pensa que o dia a dia de um administrador hospitalar é tranquilo, com rotina estabelecida. Ainda que haja um horário fixo, o trabalho não costuma se limitar ao ambiente hospitalar.  Sem amor pelo que se faz e sem uma entrega genuína, nem São Camilo (há muitos séculos) e nem a Alice ou outros administradores hospitalares (atualmente) seriam capazes de seguir na profissão.

 

“Muitas vezes acabamos levando trabalho para casa. O celular nunca para, tanto à noite quanto nos fins de semana”, conta Alice. Seu dia começa antes que o sol nasça e muitas vezes não acaba depois que ele se põe, o que torna ainda mais especiais as chances que tem para fazer o que mais gosta fora do ambiente profissional: ficar em casa com sua família e curtir o tempo livre com eles. Alice é casada e tem um filho de 1 ano e 8 meses.

 

São esses momentos que recarregam sua energia para seguir firme e resiliente conduzindo o  Hospital e Maternidade Nossa Senhora das Graças de Itaporanga para um futuro cada vez mais promissor.

 

A evolução da Santa Casa pelos olhos de Alice

 

Para que o Hospital e Maternidade Nossa Senhora das Graças de Itaporanga se tornasse modelo de referência em administração para a região, foi preciso retirar muitas pedras do caminho. E Alice acompanhou grande parte delas. Quando entrou na instituição, em 2009, o hospital já passava por uma intervenção desde 2007.

Segundo Alice, a situação era precária: o hospital estava à beira do fechamento. Os 30 funcionários da instituição estavam há um ano sem 13º salário, não havia recolhimento do FGTS  (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Isso sem falar na dívida com fornecedores, com a Receita Federal e na falta de recursos para a compra de materiais e medicamentos.

Foram necessários quase 5 anos para colocar a casa em ordem outra vez e, assim, a instituição restabelecer sua credibilidade.

 

 

 

“Foram mudanças que revolucionaram a entidade, desde reforma na infraestrutura do prédio e no parque tecnológico da entidade até transformações administrativas. Tudo isso contribuiu para que chegássemos nos dias de hoje sem dívidas, com o prédio quase que totalmente reformado, com o que há de mais moderno com relação aos equipamentos e à tecnologia”, conta Alice.

 

 

 

O corpo clínico também foi 100% renovado e agora o hospital conta com profissionais nas principais especialidades.

 

A tecnologia como aliada do administrador hospitalar

 

A credibilidade que o Hospital e Maternidade Nossa Senhora das Graças de Itaporanga conquistou nesses últimos anos foi graças à dedicação de Alice e sua equipe. E nessa trajetória, muitos parceiros vieram para somar, como é o caso da tecnologia e do sistema de gestão hospitalar da Wareline.

 

“Mesmo em um hospital de pequeno porte, somente com o auxílio da tecnologia conseguimos ter controle sobre todos os setores da instituição. O sistema de gestão é essencial para nós que administramos a entidade”, diz Alice.

 

Esse agente facilitador é o que permite a Alice manter a organização necessária para gerenciar com  precisão todas as suas atividades. Para a Wareline, que está do outro lado, é uma honra contribuir com profissionais empenhados como ela, que diariamente visa melhorias para a saúde brasileira.

 

Estamos sempre prontos para agregar e transformar instituições como o Hospital e Maternidade Nossa Senhora das Graças de Itaporanga. Conheça o conecte/w, sistema de gestão da Wareline!

Envie sua mensagem via WhatsApp