Em maio há mais motivos para parabenizar os profissionais da enfermagem

2020-05-14T14:15:28-03:00 12/05/2020|

A pandemia do novo coronavírus trouxe muitas mudanças. Ao mesmo tempo em que alterou a rotina da população mundial e permitiu que as pessoas repensassem prioridades e elencassem novos modelos de qualidade de vida, também veio para reforçar algumas concepções. Uma delas é que o nosso bem mais precioso é a vida.

 

A outra é que devemos valorizar as pessoas que sempre lutaram em prol da saúde e do bem-estar dos seus pacientes e que agora, mais do que nunca, merecem salvas de palmas por estarem na linha de frente do combate ao coronavírus.

 

Estamos falando dos enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem que, em maio de 2020, têm ainda mais motivos para receberem cumprimentos nas datas em homenagem às suas categorias.

 

Em 12 e 20 de maio, respectivamente Dia Mundial do Enfermeiro e Dia Nacional do Técnico e Auxiliar de Enfermagem, podemos comemorar a evolução da enfermagem no âmbito da saúde a nível mundial em meio à pandemia da Covid-19. E nós, da Wareline, fazemos questão de parabenizá-los e agradecê-los pelo comprometimento que têm com seus pacientes.

 

 

Equipe no combate ao coronavírus

 

Para contar um pouco da rotina dos profissionais de enfermagem, convidamos a responsável técnica de enfermagem Andreza Gomes da Silva Nishimoto Maeda, que atua há 20 anos na Santa Casa de Ituverava. Formada em enfermagem pela Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, seu principal desafio hoje é manter a segurança da sua equipe em meio à pandemia do novo Covid-19.

 

Segundo a profissional, a enfermagem tem papel fundamental na detecção e avaliação dos casos suspeitos por causa da sua capacidade técnica e por estar constantemente ao lado do paciente. “Temos o compromisso de qualificar equipes para atendimento, definir fluxos internos de assistência, fortalecer as equipes durante a crise e proporcionar segurança a todos os profissionais de enfermagem”, conta Andreza. É um desafio e tanto.

 

E o setor, antes mesmo da pandemia do coronavírus, já vinha se tornando bastante estratégico para as instituições de saúde. Isso porque o papel da enfermagem foi evoluindo no decorrer dos anos de maneira que ganhou status administrativo e gerencial.

 

“A enfermagem hoje é baseada em evidências científicas. O enfermeiro passou a se apropriar da ciência para obter mais conhecimento no cuidado, proporcionando ao paciente uma assistência mais segura e humanizada.”

 

 

Enfermagem na Wareline

A Wareline também tem em seu time profissionais da enfermagem que nos auxiliam no melhor atendimento das demandas e desafios da área. É o caso de Carmem Aparecida Batista, formada em enfermagem, e Fernanda Maria Cinel Correa, que concluiu o curso técnico de enfermagem.

 

Ambas relataram como a tecnologia colabora com a atuação dos profissionais dentro das instituições de saúde.

 

 

Carmem Aparecida Batista

 

Poder expressar toda sua dedicação, cuidado, respeito, humildade e amor ao próximo foram as principais motivações que levaram Carmem a escolher a enfermagem como profissão.

 

Atuando no setor de Operações da Wareline, ela acompanha os clientes de perto, utilizando o conhecimento adquirido em sua formação para cooperar com as demandas deles e procurando oferecer sempre soluções que permitam integrá-las ao sistema. Em paralelo, diariamente aparecem situações de suporte diferenciadas que fazem com que ela pense como colaborar para uma solução de maneira mais rápida e eficiente para satisfação do cliente.

 

E tendo como experiência a atuação como enfermeira e como suporte de TI, Carmem comprova que a tecnologia e o sistema da Wareline são fundamentais para facilitar a atuação dos profissionais da área.

 

“A tecnologia e informatização de dados é de grande ajuda na área da saúde, devido à agilidade na troca de informações, diagnósticos, terapias e protocolos assistenciais, contribuindo para uma melhor assistência ao paciente no processo do cuidar e eficiência dos serviços de saúde. Na enfermagem, o grande avanço é o (PEP) Prontuário Eletrônico do Paciente, estrutura que permite que o histórico sobre os pacientes fique disponível para consulta de toda a equipe em tempo real, gerando diversos benefícios como organização da documentação, padronização de prontuários, segurança das informações, rastreabilidade de medicamentos, entre vários outros”.

 

 

Fernanda Maria Cinel Correa

 

Para Fernanda, enfermagem é a ciência do cuidar, é se dedicar integralmente a um paciente e entender suas limitações físicas, emocionais. “O cuidar necessita de mais do que simples ato do cuidado, requer reflexão, pensamento crítico, interesse pelo problema, preocupar-se em encontrar soluções mais adequadas. Também necessita da prudência, cautela, zelo, responsabilidade e preocupação, por isso escolhi a profissão”, explica.

 

Fernanda não apenas é técnica em enfermagem. Enquanto fazia o curso, estudava simultaneamente Sistema de Informação na FATEC (bacharel), o que deu uma bagagem diferenciada à profissional. Ela também possui MBA em Engenharia de Software e, recentemente, se formou como Avaliadora ONA, cujo um dos requisitos é ter formação na área da saúde e já ter implementado novos processos em hospitais.

 

Há quase 8 anos fazendo parte do time Wareline, Fernanda já atuou em diversas frentes. Por 5 anos esteve no time de Operações e hoje faz parte do Atendimento ao Cliente, sendo responsável pelo suporte da vertical Paciente. Após identificar e pontuar as interações dos clientes, remete a solicitação para o setor responsável.

 

Por orientar os clientes quanto as soluções baseadas nas melhores práticas do setor e implementação de novos processos, Fernanda sabe o quanto a tecnologia contribui para o setor de enfermagem de uma instituição de saúde. “A Wareline hoje traz no prontuário eletrônico mais segurança para pacientes na inclusão de evoluções, triagens, balanço hídrico, SAE, prescrição de enfermagem, checagem e aprazamento de prescrição.”

 

E cita o App de Enfermagem como um grande divisor de águas. “O APP de enfermagem foi desenvolvido para otimizar o trabalho da enfermagem e, por isso, colabora para o seu dia a dia e dos demais profissionais da instituição”, garante.

 

 

O App de Enfermagem da Wareline

 

Ter em nosso time profissionais de enfermagem nos garante o diferencial em conseguir equilibrar expectativas e necessidades que o profissional tem no dia a dia dele com aquilo que o sistema oferece. Assim, podemos ser mais assertivos no desenvolvimento das soluções e também em entender as solicitações que chegam.

 

E uma dessas inovações tecnológicas que comprovam essa conexão é o App de Enfermagem, aplicativo que funciona de forma integrada ao Conecte/W e auxilia equipes de enfermagem e gestores hospitalares em sua rotina.

 

Entre suas funcionalidades, ele possibilita:

  • checar medicamentos, horários e cuidados especiais prescritos pela equipe médica diretamente na beira-leito, por meio da leitura do código de barras da pulseira do paciente;
  • registrar a rotina de transferências de leitos dos pacientes entre diferentes setores em tempo real;
  • conferir lote e data de validade dos medicamentos;
  • acompanhar medições clinicas automáticas do monitor multiparâmetros;
  • oferecer mais confiabilidade nos dados, a medida que dispensa o uso do papel e preenchimento burocrático de medicações clínicas, evitando retrabalho e possíveis erros;
  • dar agilidade ao corpo clínico, permitindo que esses possam dar mais atenção ao  paciente;
  • proporcionar mobilidade e segurança ao prontuário e ao paciente, entre outros benefícios.

 

 

Andreza e sua equipe na Santa Casa de Ituverava fazem uso do aplicativo e atestam que, quando a tecnologia é utilizada de maneira racional e responsável, realmente traz inúmeros benefícios aos clientes. Desde uma assistência segura e livre de danos até o fortalecimento das relações por meio da humanização.

 

“Para a instituição, tudo isto se reverte em confiabilidade das informações, agilidade nos procedimentos, maior conforto do cliente em alguns procedimentos e economia de tempo. O que resulta em assistência mais humanizada e satisfação”, conta Andreza.

 

Os profissionais de enfermagem participam ativamente dos processos hospitalares e auxiliam na qualidade e segurança não somente dos pacientes, mas de todos os profissionais envolvidos. E agora, em 2020, os profissionais ainda têm que lidar com outras preocupações que vão além da assistência: caso sejam contaminados, ficarão impedidos de atuar e ainda podem transmitir o vírus às pessoas que amam. Não é tarefa fácil. E mais do que nunca merecem nosso reconhecimento e parabéns!