Inovação: APP e IoT são destaques das soluções da Wareline em Congresso da Fehosp

2019-04-25T15:38:29-03:00 25/04/2019|

Fazendo check-up na gestão: eficiência no diagnóstico, sucesso no tratamento. Esta foi a proposta do 28º Congresso da Fehosp (Federação das Santas Casas e Hospitais beneficentes do Estado de São Paulo), que aconteceu esta semana.

 

O tema discutido é de extrema importância, ainda mais com as mudanças do setor de saúde acontecendo em velocidade avançada. Gestores precisam conhecer de perto as fragilidades de seu negócio, contar com um planejamento estratégico hospitalar que possa colaborar para a sustentabilidade e crescimento das instituições de saúde, sem esquecer de atuar com atenção completamente voltada para segurança e qualidade do atendimento prestado ao paciente.

 

E fornecer ferramentas que permitam essa melhor atuação da gestão é parte da nossa missão. Por isso, levamos ao evento algumas de nossas soluções mais atuais e que colaboram para minimizar os desafios diários de gestores e do corpo clínico. Entre elas nosso app de enfermagem, que teve melhorias incorporadas para oferecer ainda mais dinamismo e segurança ao atendimento prestado nas Santas Casas, e um Módulo de Monitoramento Clínico que faz uso de Internet das Coisas (IoT) para trazer dados em tempo real dos pacientes para o corpo clínico.

APP de enfermagem

O aplicativo de Enfermagem foi desenvolvido especialmente para auxiliar as equipes de enfermagem e gestores hospitalares. Ele funciona de forma integrada com o Conecte/W, e permite facilitar a comunicação em hospitais, conectando fluxos de trabalho entre todos os envolvidos no processo de segurança assistencial. Esta ferramenta mobile ajuda a organizar rotinas fundamentais, permitindo o acesso a um workflow completo de gestão clínica.

 

Benefícios do APP

  • Possibilita checar medicamentos, horários e cuidados especiais prescritos pela equipe médica diretamente na beira-leito, por meio da leitura do código de barras da pulseira do paciente;
  • Faz a saída da medicação por meio da leitura de código de produtos no sistema;
  • Checa lote e data de validade dos medicamentos;
  • Registra a rotina de transferências de leitos dos pacientes entre diferentes setores em tempo real;
  • Evita erros de saídas indevidas e de produtos não prescritos;
  • Reduz a necessidade de digitações e processos manuais.

Como resultado, traz mobilidade, impulsiona a segurança do prontuário digital, garante melhor aproveitamento do fluxo das operações e aumenta a produtividade das equipes de enfermagem. Também promove a segurança do paciente, na medida em que diminui as possibilidades de erros e auxilia a gestão de medicamentos. Por meio da leitura do código de barras na pulseira do paciente, o sistema faz sua identificação e, logo após, a checagem de medicamentos. Todos os enfermeiros e auxiliares que trabalham nas unidades de internação hospitalar têm acesso ao app, com os mesmos dados de login usados para acessar o sistema Wareline no computador. Dessa forma, o nível de segurança aumenta, há a redução de riscos de erros, melhora o controle de estoque e rapidez na transferência de informações importantes sobre o paciente.

Novas funcionalidades do APP 

Comando de Voz

Por meio do comando de voz, evita a digitação na procura do paciente, nas anotações de enfermagem e nas justificativas de intercorrências.

 

IoT: integração de monitores multiparâmetros e prontuário do sistema

Acreditamos que o sistema de gestão e seus módulos devem ser assistentes inteligentes para o corpo clínico e gestores. E é essa percepção que tem nos levado a investir em inovação e em mobilidade, desenvolvendo soluções como o APP de Enfermagem. Indo mais além, para esta edição da Fehosp apresentamos uma inovação que desenvolvemos em Internet of Things (IoT) que visa integrar os monitores multiparâmetros do hospital ao Conecte/W e ao APP, otimizando o atendimento aos pacientes mais fragilizados.

 

O módulo Monitoramento Clínico atua em 3 frentes:

Triagem A triagem do paciente antes do atendimento pode ser realizada manualmente ou por meio do monitor multiparâmetros e os dados são gravados no Módulo Triagem e podem ser consultados/vistos no Módulo PEP;
UTI Permite criar uma central de monitoramento para acompanhamento intensivo e em tempo real da equipe; os dados são salvos no módulo Monitoramento Clínico;
Enfermagem As informações são registradas pela equipe de enfermagem diretamente no APP e podem ser acessadas tanto no Módulo Enfermagem quanto no PEP.

 

 

Por meio do Módulo Monitoramento Clínico, a equipe de enfermagem pode realizar a aferição e registro dos dados clínicos (altura, frequência cardíaca, pressão arterial média, sistólica e diastólica e temperatura) do paciente na beira do leito, dispensando inserções manuais em papel, evitando retrabalho e aumentando a segurança de seus pacientes.

O Módulo será responsável por armazenar e controlar as medidas clínicas dos pacientes internados no hospital, incluindo estas informações no Prontuário Eletrônico dos Pacientes (PEP). A nova funcionalidade permite otimizar o tempo da equipe de enfermagem, pois o prontuário será atualizado automaticamente, no momento em que os dados clínicos forem coletados.

Como funciona na prática

Nossa plataforma IoT conversa com os monitores multiparâmetros permitindo a leitura dos dados e, a partir deles, ferramentas de inteligência farão a classificação de risco aos pacientes. Aqui, o APP de Enfermagem tem um papel importante: quando o monitoramento do paciente não é constante a equipe de enfermagem pode levar o monitor multiparâmetros até o paciente, conectá-lo e efetuar a leitura dos dados clínicos. O enfermeiro informa ao APP que a leitura está ocorrendo para determinada pessoa e o prontuário é atualizado automaticamente. Após o término da leitura o enfermeiro já pode dirigir-se a outro paciente que possui prescrição de leitura destes dados munido do monitor e do app.