Conheça clientes que apostaram em treinamentos remotos

2020-06-24T11:49:36-03:00 25/06/2020|

Tornar seu negócio competitivo no mercado e prestar um serviço de excelência é o objetivo de qualquer gestor na área da saúde. E para que os resultados sejam alcançados, é preciso apostar em estratégicas assertivas. Uma delas – senão a principal – é a capacitação contínua de todos os profissionais da equipe: corpo administrativo, diretivo e clínico.

 

Como o sucesso de um hospital está intimamente ligado à gestão e ao rendimento dos seus profissionais, é preciso que estejam motivados em exercer suas atividades. Assim poderão contribuir com ideias inovadoras, aumentar sua produtividade e trazer ainda mais resultados à instituição.

 

Mas para que isso aconteça, o hospital deve manter uma cultura de desenvolvimento e treinamento, com amparo à qualificação, expertise e soft skills dos times. Quando isso acontece, ganham os profissionais e a instituição de saúde.

 

Quando e como investir em capacitação

 

Após a implementação dessa cultura de capacitação contínua, o primeiro desafio dos gestores é entender o momento certo de investir na qualificação dos profissionais. Os 3 indícios que indicam a hora certa de treinar o time são a falta de integração entre as equipes, o aumento de reclamações por parte dos pacientes e as mudanças estruturais e de tecnologia.

 

A inserção de novas tecnologias é o que requer capacitação mais imediata, porque os softwares de gestão hospitalar não se operacionalizam sozinhos, por mais avançados e intuitivos que sejam. E como organizar as agendas e fornecer um treinamento didático para os profissionais da equipe era outro desafio para os gestores, os treinamentos remotos vêm para contribuir.

São opções excelentes porque têm bom custo-benefício, otimizam o tempo e propiciam engajamento, motivação e valorização do colaborador.

 

 

Treinamento remoto na prática

 

A Wareline vem realizando treinamentos remotos com seus clientes desde o início de 2019. De lá para cá foram mais de 200 capacitações nos mais diversos módulos: Financeiro, Glosas e Repasses, Enfermagem, Indicadores, PEP, Cadastros, Estoque, Faturas, Custo, entre outros. Mais de 20% dos nossos clientes já foram treinados remotamente nos últimos meses.

 

O Samuel A. Teodoro, técnico em informática da Santa Casa de Igarapava (SP), e o Leones Garcia de Carvalho, coordenador da Tecnologia da Informação do Hospital Municipal de Araguaína (TO) e do Hospital Municipal Campanha e Ambulatório Municipal de Especialidade são clientes que já conhecem os benefícios do treinamento remoto da Wareline, aprovam e indicam a modalidade.

 

 

Santa Casa de Igarapava

 

Para que a totalidade dos médicos da instituição de saúde pudesse usar todas as funcionalidades do módulo PEP da Wareline, o hospital solicitou um treinamento presencial. A empresa de tecnologia em saúde sugeriu, no entanto, a opção do treinamento remoto, que foi prontamente aceita.

 

Dois profissionais da Santa Casa passaram pela capacitação. “Todas as nossas dúvidas foram sanadas de maneira didática e clara. Precisávamos especificamente de orientação sobre a configuração da prescrição no sistema, além de informações sobre como fazer a correção e adaptação dos Textos/Laudos, o que foi esclarecido no treinamento”, conta o técnico em informática Samuel A. Teodoro.

 

Ao comparar com o treinamento presencial, o qual Samuel já tinha experimentado, ele elenca a flexibilidade de horário e a possibilidade de não ter que fazer o treinamento de uma só vez. “Todos os próximos treinamentos faremos via acesso remoto.”

 

 

Hospital Municipal de Araguaína

 

A instituição de saúde buscava uma ferramenta que oferecesse agilidade nas informações e contribuísse para elaboração de estratégias de atendimento com maior segurança aos pacientes.

 

A solução foi encontrada na tecnologia da Wareline e um treinamento solicitado para dois departamentos: Tecnologia da Informação (TI) e Comissão de Controle da Infecção Hospitalar (CCIH). O coordenador de TI, Leones Garcia de Carvalho, conta que todas as expectativas foram atendidas.

 

“O treinamento remoto não deixou a desejar no comparativo com o presencial, pois sanaram todas as dúvidas. Isso sem contar a participação do suporte online dando sugestões, o que nos fez crescer ainda mais em conhecimento. Ainda notamos que o sistema tem a nos oferecer muito mais do que conseguimos imaginar.”

 

Para Leones, o treinamento presencial é importante para a implantação do sistema, mas com o decorrer do tempo e evoluções de melhorias, o treinamento remoto ganha mais importância e acaba fortalecendo as equipes em conhecimento e aprendizagem. Com a modalidade remota, é possível alcançar o mesmo nível de qualidade e atingir maior número de pessoas.

 

“Quero parabenizar a Wareline por essa iniciativa de interagir com seus clientes remotamente. Acredito que representa um avanço, vai incentivar a adesão a novos treinamentos e reforçar a importância desse conhecimento para cuidar ainda melhor dos nossos pacientes”, diz Leones.

 

O treinamento remoto é uma modalidade eficiente de capacitação, traz resultados como o engajamento dos times e ainda é um facilitador aos gestores. Para solicitar o treinamento, basta acessar nossa plataforma “Gestor”. É prático e rápido. Leve essa ideia para sua instituição!