Você sabe gerir os custos da sua instituição de saúde?

2015-07-03T00:00:00-03:00 03/07/2015|

A evolução tecnológica na área da saúde criou, além de benefícios, um desafio tanto para unidades hospitalares quanto para operadoras de saúde, governo e pacientes. Novos procedimentos e modernos equipamentos foram surgindo e, com eles, foram possíveis amplos diagnósticos, mas que acabaram encarecendo o custo do atendimento prestado.

Numa visão estratégica, de um lado estão as operadoras que não conseguem repassar de forma integral o aumento desses custos aos seus beneficiários. Eles, por sua vez, exigem delas e dos hospitais credenciados a oferta desses serviços. Nesse contexto, surge um paradoxo: como atender a essa expectativa, considerando que não há grande margem para repassar o aumento desse custeio? A única saída aos hospitais é ter um bom gerenciamento dos seus custos, sempre focando na sua demanda com ferramentas de gestão integradas e confiáveis para tomada de decisão.

Convidamos Raphael Castro, Gerente Comercial da Wareline, para apontar alguns dos principais problemas relacionados à gestão dos custos na saúde e como eles podem ser sanados utilizando adequadamente o software de gestão hospitalar. “Os módulos do sistema Wareline foram planejados e desenvolvidos para gerar economia de recursos e melhoria de processos”, explica o gerente.

1) Ausência de Planejamento


Solução proporcionada pelo software: com o Módulo Financeiro do sistema, é possível gerenciar o controle orçamentário da unidade, projetar investimentos e acompanhar em tempo real, o aproveitamento desses recursos, de acordo com a execução.

2) Dificuldade de controle de custos e eliminação de desperdício

Solução proporcionada pelo software: o Módulo de Custos Hospitalares permite que sejam identificadas as margens de contribuição por procedimentos executados, propondo aos gestores uma definição sobre onde investir para melhorar a performance daqueles setores ou serviços, trazendo melhores resultados.

3) Monitoramento de estoque ineficaz, que não avisa quando é necessária nova reposição

Solução proporcionada pelo software: o setor de suprimentos deve receber uma atenção especial dos gestores. A identificação de volumes e necessidades de compra de forma ágil, considerando sazonalidades de produtos e pesquisas sobre consumo dos centros de custos com a ocupação do hospital, é importante para o melhor aproveitamento da capacidade de estocagem. O Módulo Compras, juntamente com o Controle de Estoque, desempenha esse papel de forma integrada.

4) Aproveitamento de recursos através de fluxo de caixa gerencial como plano de fundo para o cumprimento das obrigações a pagar e expectativas de recebimento por período

Solução proporcionada pelo software: o sistema financeiro da Wareline organiza, de forma gerencial, todas as expectativas de pagamentos registrados combinando com as faturas de recebimentos fechados pelo faturamento, mostrando se naquele período haverá caixa suficiente para liquidar as despesas.

Com base nessas importantes vantagens que o software hospitalar oferece, ficou claro como ele é imprescindível para instituições de saúde que busquem reduzir seus custos e otimizar processos, sempre com uma gestão mais organizada e baseada em dados confiáveis.