SP inicia consulta pública de PPP sobre logística de medicamentos

O controle de medicamentos dentro das instituições de saúde se dá de forma a controlar o estoque e dar segurança ao paciente, para que realmente tome o medicamento correto conforme indicação médica. Os sistemas de gestão hospitalar ajudam neste processo com módulos criados especificamente para este controle. Em um âmbito mais amplo, o domínio sobre a localização e condições dos medicamentos dentro de um Estado, por exemplo, acontece de forma mais complexa. Por este motivo, São Paulo criou uma consulta pública para tratar sobre a logística dos remédios. Veja mais detalhes abaixo:

A Secretaria de Saúde de São Paulo abriu o período de consulta pública do projeto de parceria público-privada (PPP) para a logística de medicamentos, vacinas e outros insumos farmacêuticos no estado. O objetivo, diz o comunicado de abertura, é a “reorganização, estruturação, implantação e operação dos processos logísticos da assistência farmacêutica, imunização e outros insumos”.

A consulta termina no dia 10 de março. Solicitações de esclarecimento e sugestões sobre o edital serão recebidas neste endereço eletrônico.

O valor estimado na minuta do contrato de concessão é de R$ 2,73 bilhões para o período de vigência do contrato de concessão, que é de 20 anos. A proposta vencedora será aquela que solicitar o menor valor de contraprestação, considerando o teto mensal de R$ 12,6 milhões.

Fonte: Saúde Web

2014-02-18T00:00:00-03:00