Sistema Wareline é adotado por Fundação Padre Albino

Localizada em Catanduva, a Fundação Padre Albino é responsável pela administração dos hospitais Padre Albino e Emílio Carlos que, juntos, acolheram no ano passado mais de 190 mil pacientes entre atendimentos ambulatoriais, e urgência e emergência.

Fundado em 1926, o Hospital Padre Albino conta com 209 leitos, recebendo em média 890 internações mensais e realizando cerca de 560 cirurgias. Também administrado pela Fundação desde 1983, o Hospital Emílio Carlos possui uma área construída de 32.000m², com todos os seus 257 leitos voltados para o SUS. Trata-se de um hospital escola para as faculdades de Medicina e Enfermagem de Catanduva, com um Ambulatório de Ensino que abrange 37 especialidades médicas. Apenas em 2011, foram realizadas 5.983 internações na unidade.

Com essa representatividade na região, a administração da Fundação logo reconheceu a necessidade de uma base sólida de dados que abrigasse todas as suas informações com segurança e confiabilidade. Os investimentos em tecnologia tiveram início bem cedo e há 14 anos os hospitais Padre Albino e Emílio Carlos utilizam o sistema Wareline para organizar suas informações. Segundo Diego Morroni, analista de suporte da Fundação, a preferência pela Wareline ocorreu
 devido à praticidade para o usuário e à rápida ambientação dos usuários, bem como à facilidade na manutenção do sistema e amplo suporte técnico.

Além dos dois hospitais, a Fundação também é responsável por um AME (Ambulatório Médico de Especialidades) e possui um Plano de Saúde. Hoje, as três unidades e o Plano de Saúde da fundação utilizam muitos dos módulos da Wareline, formando um Sistema integrado completo, 
que atende desde a recepção (controlando a entrada de visitantes com a emissão de identificação pulseira/carteirinha), até a utilização do Prontuário Eletrônico (onde é possível fazer importação de imagens, como Raio X, Ultrassom e Endoscopia).

As clínicas de Plano de Saúde também não ficaram de fora e empregaram o Sistema Hospitalar no seu dia-a-dia: em uma semana de utilização foi possível emitir 6.000 guias. Esse Sistema Hospitalar está integrado ao Sistema de Plano de Saúde e assim, quando um paciente precisa fazer um exame, basta digitar o número da guia para a sua liberação, diminuindo o tempo de espera e agilizando os atendimentos.”Os maiores benefícios da implantação do sistema Wareline foram a agilidade no atendimento ao cliente, informações gerenciais precisas e confiáveis, facilidade na manutenção e baixo custo de implantação devido a utilização de banco de dados open source (PostgreSQL)”, conta Morroni.

Para a Wareline foi uma grande satisfação poder contribuir com a melhora nos processos da Fundação Padre Albino, exercendo sua missão de auxiliar as Instituições de Saúde em suas decisões estratégicas, por meio da geração de conhecimento com informações confiáveis em um sistema de gestão integrado.
2012-03-07T00:00:00-03:00

Sistema Wareline é adotado por Fundação Padre Albino

Localizada em Catanduva, a Fundação Padre Albino é responsável pela administração dos hospitais Padre Albino e Emílio Carlos que, juntos, acolheram no ano passado mais de 190 mil pacientes entre atendimentos ambulatoriais, e urgência e emergência.
Fundado em 1926, o Hospital Padre Albino conta com 209 leitos, recebendo em média 890 internações mensais e realizando cerca de 560 cirurgias. Também administrado pela Fundação desde 1983, o Hospital Emílio Carlos possui uma área construída de 32.000m², com todos os seus 257 leitos voltados para o SUS. Trata-se de um hospital escola para as faculdades de Medicina e Enfermagem de Catanduva, com um Ambulatório de Ensino que abrange 37 especialidades médicas. Apenas em 2011, foram realizadas 5.983 internações na unidade.
Com essa representatividade na região, a administração da Fundação logo reconheceu a necessidade de uma base sólida de dados que abrigasse todas as suas informações com segurança e confiabilidade. Os investimentos em tecnologia tiveram início bem cedo e há 14 anos os hospitais Padre Albino e Emílio Carlos utilizam o sistema Wareline para organizar suas informações. Segundo Diego Morroni, analista de suporte da Fundação, a preferência pela Wareline ocorreu devido à praticidade para o usuário e à rápida ambientação dos usuários, bem como à facilidade na manutenção do sistema e amplo suporte técnico.
Além dos dois hospitais, a Fundação também é responsável por um AME (Ambulatório Médico de Especialidades) e possui um Plano de Saúde. Hoje, as três unidades e o Plano de Saúde da fundação utilizam muitos dos módulos da Wareline, formando um Sistema integrado completo, que atende desde a recepção (controlando a entrada de visitantes com a emissão de identificação pulseira/carteirinha), até a utilização do Prontuário Eletrônico (onde é possível fazer importação de imagens, como Raio X, Ultrassom e Endoscopia).
As clínicas de Plano de Saúde também não ficaram de fora e empregaram o Sistema Hospitalar no seu dia-a-dia: em uma semana de utilização foi possível emitir 6.000 guias. Esse Sistema Hospitalar está integrado ao Sistema de Plano de Saúde e assim, quando um paciente precisa fazer um exame, basta digitar o número da guia para a sua liberação, diminuindo o tempo de espera e agilizando os atendimentos.”Os maiores benefícios da implantação do sistema Wareline foram a agilidade no atendimento ao cliente, informações gerenciais precisas e confiáveis, facilidade na manutenção e baixo custo de implantação devido a utilização de banco de dados open source (PostgreSQL)”, conta Morroni.
Para a Wareline foi uma grande satisfação poder contribuir com a melhora nos processos da Fundação Padre Albino, exercendo sua missão de auxiliar as Instituições de Saúde em suas decisões estratégicas, por meio da geração de conhecimento com informações confiáveis em um sistema de gestão integrado.
2012-03-06T00:00:00-03:00