Saúde recebe orçamento de R$ 77,1 bilhões

Lei Orçamentária de 2011 garante R$ 60,6 milhões para ações e serviços de saúde 
A Lei Orçamentária 2011 (12.381/11) – publicada nesta quinta-feira (10) no Diário Oficial da União – destinou R$ 77,1 bilhões para o Ministério da Saúde. Desse total, R$ 14 bilhões são reservados para pagamento de pessoal (ativos e inativos), R$ 60,6 milhões para a manutenção de toda a rede do Ministério da Saúde (custeio e investimento) e R$ 2,5 bilhões são de emendas parlamentares. 
Do total do orçamento aprovado, R$ 68,6 bilhões vai para o Fundo Nacional de Saúde (FNS) – que é o gestor financeiro do SUS; R$ 4,7 bilhões é destinado às ações da Funasa; R$ 2,37 bilhões vai para a Fiocruz; R$ 660,3 milhões para a Anvisa; 217,5 milhões para a Agência Nacional de Saúde (ANS) e R$ 594,9 milhões para o Grupo Hospital Conceição da Região Sul.
Por Mauren Rojahn, da Agência Saúde – Ascom/MS 
2011-02-11T00:00:00+00:00