Saúde inicia produção de plano de ação para Copa de 2014

O Governo Federal instalou nesta terça-feira (10/05) a Câmara Temática da Saúde com o objetivo de preparar um plano de ação para a Copa de 2014. Coordenada pelo Ministério da Saúde, a Câmara fará a interlocução com as 12 cidades onde serão realizados os jogos. Os ministros da Saúde, Alexandre Padilha, e do Esporte, Orlando Silva, participaram da solenidade de instalação no Auditório do Ministério da Saúde. 
O ministro Alexandre Padilha destacou importância desta Câmara, ressaltando que seus trabalhos estão iniciando hoje. “Ela marca um novo ciclo de organização da saúde no país”, observou. Segundo o ministro, uma das prioridades será a organização dos serviços de urgência e emergência nas cidades-sedes e nos principais destinos turísticos do país. “Vamos nos preparar para realizar um grande evento em 2014”, afirmou Padilha. 
Dentro da estrutura montada para propor políticas públicas à realização do Mundial da FIFA, a Câmara atuará em três eixos temáticos: Vigilância Sanitária, Vigilância Epidemiológica e Assistência à Saúde. A Câmara contará com representantes das 12 cidades-sede: Belo Horizonte (MG), Brasília (DF) Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Manaus (AM), Natal (RN), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA) e São Paulo (SP). 
De acordo com o ministro do Esporte, Orlando Silva, esta é a oitava das nove Câmaras Temáticas que estão sendo formadas para o planejamento do evento. Já Ricardo Trade, diretor operacional do comitê organizador local da Copa FIFA 2014, disse que as câmaras vão resultar na melhoria da qualidade dos serviços. “Um evento como este é uma oportunidade para as cidades mostrarem seus bons serviços e suas belezas naturais”, ressaltou. 
Um dos objetivos da Câmara Temática da Saúde é a coordenação do planejamento de ações nacionais na área da saúde, estabelecendo diretrizes gerais, metas e estratégias. Os integrantes da Câmara vão discutir e elaborar planos de emergência para contenção de epidemias e preparar campanhas preventivas sobre possíveis surtos e epidemias em municípios que receberão jogos e regiões turísticas próximas. 
Haverá também foco no desenvolvimento de capacidade básica de vigilância sanitária nos pontos de entrada do país, como portos, aeroportos e fronteiras. Será feito ainda o mapeamento das unidades e serviços assistenciais públicos e privados, além da elaboração de plano de segurança de funcionamento para essas estruturas e qualificação dos serviços, como materiais bilíngüe, treinamento de pessoal, sinalização, entre outros. 
Nesta terça-feira, também foi assinada portaria que criou o Grupo de Trabalho para preparação das ações de saúde para a Copa do Mundo FIFA 2014. O Grupo será coordenado pela Secretaria Executiva do Ministério da Saúde será formado por representantes da Secretaria de Atenção à Saúde (SAS), Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS), Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde (SGEP), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) e Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (CONASEMS). 
O grupo de trabalho estabelecerá as diretrizes gerais, estratégias e metas para preparação das ações de saúde. A equipe também terá como função acompanhar a implementação dessas ações e auxiliar a Câmara Temática de Saúde, com informações técnicas.
Fonte: Ministério da Saúde
2011-05-11T00:00:00+00:00