SADT: mais controle na solicitação e emissão de resultados de exames

O gerenciamento correto de exames dentro das instituições de saúde é necessário para garantir o controle, tanto das solicitações de procedimentos quanto da organização na emissão de resultados. O módulo SADT (Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Terapia) da Wareline é uma ferramenta integrante de seu sistema de gestão hospitalar e auxilia as clínicas e hospitais a terem um amplo domínio sobre todos os processos que envolvem a realização de exames.

O SADT pode ser configurado para operacionalizar todos os setores que fazem qualquer tipo de serviço de diagnósticos ou terapias, como laboratório de análises clínicas, laboratório de anatomia patológica, radiologia, ultrassonografia, endoscopia, ressonância magnética, exames cardiológicos e muitos outros.

 

Pode ser integrado com vários outros do sistema hospitalar. Ele recebe informações do Atendimento, Agendamento, Prescrição Eletrônica e Consultório, todas relacionadas às solicitações de exames. Após fazer a movimentação que permite a realização do procedimento, ele envia os dados finais para os módulos Prontuário Eletrônico e Faturamento, para que a cobrança dos serviços dos pacientes ou convênios seja feita com rastreabilidade sem perdas de faturamento.
Além disso, um diferencial da ferramenta é que com ela é possível anexar exames de imagem no formato DICOM (Digital Imagingand Communications in Medicine) ao prontuário eletrônico. Isso é possível com o a integração do módulo ao PACS (Picture Archivingand Communication System), um software utilizado em equipamentos que realizam exames de imagem, como tomografia computadorizada e ressonância magnética. Ele tem o papel de capturar, processar, armazenar e transmitir imagens de equipamentos médicos, facilitando a atualização dos prontuários.

 

 

 

Veja abaixo mais algumas funções do módulo SADT:

 

 – Integração com requisições de SADT feitas no sistema da Wareline com os resultados gerados por sistemas de laboratório de apoio (terceiros) dos hospitais;

 

 – Interfaceamento entre o sistema Wareline e os equipamentos de automação laboratorial do hospital;

 

 – Inúmeras possibilidades de configuração de digitação de resultados e apresentação de laudos;

 

 – Disponibilização de resultados para consulta na Internet.
2017-10-06T11:16:44-03:00