Paralisação de médicos reduz em 36% número de consultas no País

Empresa especializada na integração de serviços com operadoras afirmar que greve tem atingido mais seguradoras e autogestões

Já nas primeiras 12 horas da paralisação dos médicos, que acontece nesta quinta-feira (7), houve uma queda de 36% no número de atendimentos em todo o País. Com margem de erro de 1%,  estudo também mostra o impacto nos principais Estados.
A pesquisa foi realizada pela Orizon, empresa especializada na integração de prestadores de serviços com operadoras de saúde. O estudo utilizou informações geradas pelo seu sistema, com um mapeamento comparou as consultas eletivas de hoje, dia da paralisação, com outros dias de mesmas características de sazonalidade.
O levantamento também identificou que a paralisação está com maior penetração entre as seguradoras e autogestões, com 51% de redução no atendimento nesta manhã. O menor impacto é percebido em Unimeds, com 20% de redução em número de consultas médicas.
Fonte: Saúde Business Web
2011-04-07T00:00:00+00:00