Novas tecnologias estão mudando o cenário da saúde

2016-02-25T00:00:00-03:00 25/02/2016|

O setor de saúde passa por uma transformação constante: todos os dias novas tecnologias são desenvolvidas e muitas delas podem – e devem – ser utilizadas para melhorar o atendimento e reduzir custos.

Dois grandes fatores estão contribuindo pela busca de mais tecnologia na saúde: o envelhecimento da população mundial, com o aumento da expectativa de vida, e a multiplicação de doenças crônicas. Mesmo que no Brasil ainda existam ressalvas quanto a adoção da TI na saúde, no país e, principalmente, nos EUA, soluções para monitoramento de pacientes e provedores de saúde, melhores meios de comunicação e de tratamento de doenças estão sendo desenvolvidos.

Hoje já contamos com Wearables e dispositivos conectados que podem medir a frequência cardíaca, pressão sanguínea e nível de glicose, que são cuidados preventivos que acompanham o paciente, reduzem visitas médicas e compõem uma enorme quantidade de dados clínicos, levando a um diagnóstico aprimorado.

Prontuários eletrônicos e personalizados de pacientes facilitam as informações para os médicos, que podem fornecer um tratamento mais assertivo. Esses benefícios em breve estarão disponíveis“na nuvem”, sendo acessíveis em qualquer lugar com internet pelo uso de smartphones e tablets em instituições de saúde.

Para que as tecnologias sejam implementadas plenamente, alguns fatores devem ser levados em conta:

– A interface das tecnologia deve ser de fácil aplicação e acessível para serem bem aceitas, já que a maioria dos médicos e pacientes não são especialistas em TI;

– Segurança: como as informações são pessoais, muitos se preocupam com a segurança e privacidade de dados;

Uma das barreiras a ser rompida na implantação da inovação tecnológica é a confiança. Os provedores de saúde têm responsabilidade com seus pacientes, e um erro pode arriscar uma vida. Essa confiança deve ser trabalhada através de parcerias estratégicas, com as organizações de saúde ajudando as empresas de tecnologia a interpretar as necessidades de prestadores de saúde. Além disso, as empresas precisam provar que suas soluções estão alinhadas com as regulamentações de saúde e demonstrar segurança de que os dados não correm o risco de serem.

Todas essas tecnologias ainda estão caminhando para tornarem-se realidade. A Wareline possui a certificação SBIS/CFM, que garante a segurança do sistema, e trabalha constantemente para oferecer inovações aos clientes, como é o caso dos Módulos na plataforma Web que já estão sendo disponibilizados.