InovaSUS está com inscrições abertas

Os órgãos de gestão de saúde estaduais, municipais, do Distrito Federal, além dos consórcios e fundações públicas já podem se cadastrar para o Prêmio InovaSUS 2014. A iniciativa seleciona e recompensa ações inovadoras na área de gestão do trabalho no Sistema único de Saúde (SUS). O concurso, que está em sua quarta edição, tem como premiação máxima este ano o valor de R$ 150 mil. O regulamento completo deve ser acessado por meio do site do Ministério da Saúde e as inscrições devem ser feitas através do formulário eletrônico até o dia 26 de outubro. 
O intuito da iniciativa é estimular as boas práticas na gestão do trabalho, como a criação de planos de carreira, programas de avaliação de desempenho e outras medidas que melhorem a relação entre trabalhadores e gestores. Na edição deste ano, os trabalhos inscritos devem tratar de dois temas específicos. O primeiro deles é “Experiências e práticas inovadoras na gestão do trabalho no SUS”, que tem o objetivo de apresentar medidas que conseguiram incorporar qualidade aos processos de trabalho, estimular o conhecimento, produzir benefícios para os trabalhadores do SUS, proporcionar a gestão e o desenvolvimento humano na organização. O segundo tema é “Plano institucional de comunicação na gestão do trabalho no SUS”, que visa ao aprimoramento da comunicação com o público interno e externo por meio do planejamento, implementação, gerenciamento e uso de tecnologias.
Os 30 primeiros colocados no ranking serão recompensados com prêmios em dinheiro.  O primeiro lugar receberá R$ 150 mil, o segundo terá R$ 130 mil e o terceiro levará R$ 120 mil. Aqueles que ficarem entre a quarta e a décima posição serão premiados com R$ 100 mil e os demais com R$ 50 mil. 
Para o secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Hêider Pinto, as ações para estimular a boa gestão do trabalho nas esferas estaduais e municipais são essenciais. De acordo com ele, o InovaSUS permite a identificação e valorização de ações destinadas à melhoria das condições de trabalho na rede pública de saúde. “Essas iniciativas passam a servir de referência e incentivo para outras gestões e localidades”, avalia.
2014-09-18T00:00:00-03:00