Faturamento do SUS é diferencial do sistema da Wareline

2014-02-13T00:00:00-02:00 13/02/2014|

Os hospitais que atendem aos pacientes do SUS (Sistema único de Saúde) precisam estar sempre atentos às mudanças nas regras relativas ao faturamento e aos procedimentos. O Datasus é o órgão do governo responsável por regulamentar como os serviços devem ser faturados e quais devem ser realizados, para isso cria normativas que precisam ser seguidas por todas as instituições que prestam serviços ao sistema público de saúde.

Essas normativas são evoluções e restrições das regras de cobrança, dos valores a serem repassados e atualizações dos procedimentos realizados pelo SUS. Elas devem ser seguidas a risca, pois podem gerar alguns problemas e prejuízos para as instituições que se descuidarem. As glosas, por exemplo, são um grande problema para as entidades que não se atentam às atualizações e novas regras do governo.

A tecnologia é uma grande aliada para facilitar e agilizar os processos de faturamento que envolvem o SUS e, além disso, servem como um guia para o que manda a legislação vigente. A Wareline possui uma equipe especializada no acompanhamento e implementação das novas normativas a atualizações dentro de seu sistema de gestão hospitalar. Deste modo, os clientes estão sempre atualizados e atendendo às demandas do governo de forma correta e dentro do prazo estabelecido.

O sistema de gestão hospitalar da Wareline foi criado para orientar o usuário no exato preenchimento das informações e validar as possíveis incorreções  antes do envio da cobrança, eliminando a possibilidade de rejeição de contas. Além dos erros poderem causar prejuízos às instituições, afetam o fluxo de caixa e podem ser caracterizadas como tentativa de fraude. Por este motivo, é importante adotar um software de gestão hospitalar que possua módulos específicos para o faturamento dos atendimentos do SUS.
“A Wareline apoia os hospitais filantrópicos e beneficentes com seu sistema integrado de gestão de faturamento SUS e estatísticas, aliando o avanço tecnológico e a maior cobertura do sistema único de saúde com a experiência de quem há mais de 20 anos acompanha as mudanças do SUS. Aplicamos esse conhecimento em nossos sistemas e treinamentos aos usuários, mantendo os hospitais filantrópicos sempre atualizados e com a credibilidade de quem conhece SUS e divide o conhecimento com seus clientes”, explica a gerente de marketing da empresa, Paula Usier.