Esterilização de materiais é foco de novo módulo

O novo módulo CME foi criado com o objetivo de garantir mais controle nos processos de gestão hospitalar que envolvem a esterilização de materiais. A ferramenta é muito útil principalmente quando utilizada para a organização de caixas de instrumentais cirúrgicos e materiais reprocessáveis como sondas, cateteres e outros instrumentos que podem ser reutilizados.
A nova função é composta pelos seguintes cadastros: instrumentos, caixas para esterilização, materiais reprocessáveis e equipamentos de esterilização. A solução de gestão hospitalar permite quatro tipos de movimentações que compõem o ciclo. As ferramentas que devem ser esterilizadas iniciam o processo no expurgo, em seguida passam por uma limpeza prévia e após vão para a esterilização. Depois de utilizados em processos médicos voltam ao expurgo.
Esses processos de gestão hospitalar são registrados no sistema como as movimentações de um estoque. Ele armazena dados como data, hora, funcionários responsáveis, detalhes do processo, origem e destino, entre outros.
Texto publicado originalmente na revista Wareline Conecta – edição 1
2013-02-07T00:00:00+00:00