É hora de dar prioridade para os Recursos Humanos

Existe hoje, uma alta variedade de recursos que podem ser usados por um proprietário ou gerente na gestão dos funcionários, afirma Paul Edwards, CEO de uma companhia de apoio a RH em clínicas. Para melhorar sua instituição é preciso olhar para os colaboradores alinhando com atenção em como, você, CEO ou simplesmente o líder vê sua empresa ou clínica daqui 30 anos.
Nesse artigo da FiercePractice, foram listadas quatro recomendações importantes para atualizar a política de empregados e como suportar a crise brasileira, tornando a sua clínica mais forte com o público interno.

1. Atualizar as descrições dos empregos da equipe constantemente

As descrições de serviço, dentro de uma empresa, podem ser usadas principalmente para a gestão como ferramenta para tomada de decisão dos líderes. Se bem simples e coesa, as descrições ajudam a designar responsabilidades corretamente e até mesmo no mérito de cada atividade.
2. Revisar anualmente a política de empregados
Leis e políticas de anti-discriminação à drogas, leis federais à nacionais, mudam constantemente e isso afeta de forma direta. Edwards recomenda que essa etapa de atualização seja terceirizada com um especialista para que a política de funcionários esteja de acordo com as leis etc.

3. Tenha certeza de que você esteja classificando funcionários de forma correta
Implicações fiscais e problemas com o pay back são mais comuns do que pensamos, escreve Paul Edwards. Para evitar ter que lidar posteriormente com a regulamentação de terceiros, é importante estar classificando corretamente cada uma das funções.
4. Crie o seu próprio programa de desenvolvimento de liderança
Os funcionários costumam admirar líderes pela motivação ou pelas diretrizes, por isso é importante ler e pensar em como será o seu modelo de liderança, a partir de aulas de RH ou coaching. é um conteúdo importante para gerir.
 Fonte: Saúde Business
2016-04-06T00:00:00-03:00