• Finanças

Custo Hospitalar: como controlá-lo?

2018-08-30T11:26:39-03:00 30/08/2018|

Sistema de gestão é essencial para o controle do custo hospitalar. A afirmação foi feita por Gabrielle Andres Brandão durante o Health Costs Summit, realizado em São Paulo nos dias 28 e 29 de junho. A profissional, que trabalha na gerência financeira do ​Hospital Central de Guaianases, participou de uma mesa redonda sobre gestão de custos na área da saúde e reafirmou a importância da adoção de um sistema de gestão hospitalar para um melhor gerenciamento e controle financeiro das instituições.

 

Gabrielle é advogada. Ao longo de seus mais de 20 anos de experiência profissional na área da saúde, direcionou suas especializações para as áreas de Gestão Financeira em Saúde e Direito Médico Hospitalar. Entre suas atribuições, ela é responsável pela gestão de tributos, controles de contas a pagar e a receber, fluxo de caixa e demonstrações financeiras. Também atua na controladoria e no planejamento do hospital, fornecendo relatórios para que os gestores possam tomar decisões estratégicas para o negócio.

 

Na gestão do Hospital Central de Guaianases, Gabrielle conta com toda a tecnologia do sistema de gestão hospitalar da Wareline: o Conecte/W. Aproveitamos a participação da especialista no evento para entender um pouco mais sua visão sobre a gestão do custo hospitalar. Confira a seguir.

 

Qual a importância de abordar a gestão de custo hospitalar?

O tema da mesa redonda foi proposto pela organizadora do evento.  Trata-se de uma discussão bastante pertinente para o momento de movimentação e mudanças que estamos vivendo na área da saúde, na forma de cobrança e gestão. Uma coisa é certa: todos estamos em busca de mais maturidade na área da saúde.

 

Qual você acredita que seja o maior empecilho para uma gestão de custos mais eficiente nas instituições de saúde?

Existem alguns empecilhos. Mas acredito que o maior deles, em muitos casos, é a resistência da diretoria em investir em sistemas operacionais que possam tornar a gestão de custos mais eficaz. Afinal, sistemas de gestão hospitalar são essenciais para um controle mais efetivo do custo, bem como para o gerenciamento da instituição como um todo.

 

Como a gestão de custo hospitalar pode ser mais eficiente?

Primeiramente, é necessário adquirir um sistema operacional. Depois disso, será necessário que todos os setores envolvidos como a tecnologia – compras, financeiro, contabilidade, assistencial, entre outros – sejam capacitados para que entendam seu funcionamento e possam operacionalizá-lo. Desta maneira, é possível controlar com mais eficácia o custo de tudo aquilo que oferecemos, desde os serviços até os materiais e medicamentos.

 

Quais são os principais riscos de não controlar os custos?

Se não podemos mensurar alguma coisa, consequentemente não conseguimos fazer a gestão. Não gerindo de forma eficaz, temos o risco do negócio. Portanto, é imprescindível saber, efetivamente, o custo de cada setor, para tomar decisões estratégicas. Por exemplo: aumentar leitos com rentabilidade maior, diminuir leitos com baixa ocupação, comprar melhor, negociar serviços com base em números. Se não tivermos este controle, todos os riscos se tornam possíveis.

 

Como um sistema de gestão como o da Wareline é um aliado para um maior controle dos custos?

O sistema operacional da Wareline é uma ferramenta essencial para o controle dos custos. Ele permite uma visão ampla do negócio, trazendo respostas que, sem ele, não seria possível. Além disso, o treinamento e alimentação do sistema é imprescindível e fundamental para que todas as áreas envolvidas possam se beneficiar da tecnologia.

 

Você também pode contar com os benefícios de um sistema de gestão hospitalar eficiente em sua instituição. Fale com nossos consultores e tenha uma melhor gestão do custo do seu hospital.