Controlar é preciso!

2017-02-08T00:00:00-02:00 08/02/2017|
Há 30 anos surgia, em Cacoal (RO), o primeiro hospital especializado em tratamento ortopédico e traumatológico da cidade. Estava plantada ali a semente do que conhecemos hoje como Hospital dos Acidentados e Maternidade São Lucas (HAMSL). Nessas 3 décadas de história, o local passou por grandes evoluções e, de lá para cá, muita coisa boa aconteceu: o hospital cresceu, surgiram novos leitos, a estrutura foi sendo aprimorada e o atendimento, cada vez mais humanizado.
Hoje o HAMSL oferece atendimento de urgências ortopédicas 24 horas e conta com diversas especialidades clínicas e cirúrgicas, além de amplo e moderno centro cirúrgico para procedimentos simples aos mais complexos, instalações confortáveis e seguras, e profissionais capacitados.
E para completar essa receita de sucesso, a tecnologia tem sido uma grande aliada para a gestão hospitalar. Dr.ª Renata Azevedo, Diretora Clínica do hospital, explica que o sistema de gestão é um balizador para o planejamento adequado e pautado pelos números apresentados e devidamente controlados, proporcionando ao gestor maior segurança nas tomadas de decisões e nas correções que se fizerem necessárias. Cliente da Wareline há um ano, o HAMSL já percebe que muitas rotinas evoluíram para melhor.
“Em 12 meses, o sistema já promoveu mudanças significativas na unidade, a principal relacionada ao controle da instituição como um todo. Antes de usar o sistema eles tinham problemas com controles de estoques, financeiros e de gastos de pacientes. Agora, com o uso da solução, já são perceptíveis mudanças em algumas áreas, como no controle de medicamentos, que permite uma melhor gestão da nossa farmácia”, conta a Diretora. Outra área que foi bastante beneficiada, segundo Renata, foi a de suprimentos. Com a solução da Wareline, há um maior controle do estoque e, consequentemente, mais assertividade nas decisões de compras. “Conseguimos evitar aquelas que são desnecessárias e que provocam, além de um carregamento de estoques, uma consequente perda com medicamentos vencidos e possíveis extravios”, garante.
Este é o primeiro case da Wareline no estado de Rondônia e toda sua evolução tem sido acompanhada pela empresa com bastante satisfação. “O HAMSL é uma instituição de renome e nossa parceria está apenas no começo”, diz Raphael Castro, Gerente Comercial da Wareline. Para ele, esta também é um grande oportunidade de mostrar como a empresa está expandindo suas fronteiras. “A região Norte tem muito potencial econômico, além de uma crescente demanda por serviços médicos. Com isso, os hospitais estão atentos ao fato de que é preciso investir em tecnologia para se manterem competitivos e inovadores. E nós estamos preparados para atendê-los, garante Castro.