CME garante rastreabilidade na Santa Casa de São José do Rio Preto

Cliente Wareline há 14 anos, a Santa Casa de São José do Rio Preto desfruta de ótimos resultados alcançados com o uso do software: melhor gestão, com sincronia no funcionamento de todos os módulos da ferramenta e os processos da entidade, o que possibilita trabalhar com informações confiáveis e em tempo real.
O destaque do sistema de gestão hospitalar fica por conta dos novos módulos implantados, C.C.I.H. e CME (Central de Material Esterilizado), que vieram para alinhar os processos e propiciar um amplo controle de infecção e rastreabilidade de materiais reprocessados. Antônio Marcos de Oliveira, líder de equipe da Wareline, explica que até o ano de 2014, o CME da Santa Casa era controlado manualmente. “Com isso, os problemas enfrentados eram significativos, pois não se tinha controle dos materiais e equipamentos que eram reprocessados, quantas vezes eram reprocessados antes de serem descartados, não sabíamos onde e para quem tinham sido distribuídos. Era muito complexo controlar um material reprocessado. A mudança aconteceu com a informatização completa da CME”, diz Oliveira. 
Confira o case na íntegra acessando aqui!
2015-10-22T00:00:00-02:00