• Fachada Hospital

Cliente Wareline conquista marca de mil transplantes de rim no RJ

De 2010 a 2017, o número de doadores do Brasil cresceu 69%, o que colocou o país como segundo do mundo em número de transplantes. Só em 2017, a taxa de doadores efetivos aumentou 14%, atingindo 16,6 pmp (por milhão de população). Entre os mais realizados está o transplante de rim. Ele também ocupa a segunda posição em números absolutos de transplantes, atrás apenas de córneas – são 5.929, o que corresponde a um aumento de 7,5% em comparação com 2016.

 

Referência em transplante de rim

E uma instituição que conta com o nosso sistema de gestão hospitalar tem sido referência neste tipo de procedimento. Localizado no Rio de Janeiro, o Hospital São Francisco na Providência de Deus (HSF) acaba de comemorar um marco importante para a saúde. Realizou o milésimo transplante de rim, em cinco anos da implantação do serviço. Tal marco garante à instituição uma posição de destaque no ranking nacional de transplantes renais da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO).

O hospital realizou no ano passado 214 transplantes de rim. Foi o maior número entre as unidades de saúde de todo o estado do RJ e à frente do Hospital das Clínicas de São Paulo, com 207. A expectativa da direção do Hospital é chegar a 500 transplantes hepáticos este ano.

 

Além desta conquista, o hospital ainda tem mais motivos para comemorar. O Ministério da Saúde (MS) apontou o HSF como unidade de referência para transplantes hepáticos de pacientes com febre amarela no Rio de Janeiro. Segundo Eduardo Costa Pinto, coordenador do programa de transplantes do hospital, este reconhecimento é resultado do envolvimento e dedicação de toda a sua equipe.

 

A direção planeja a implantação de duas novas modalidades de transplantes no HSF este ano: córnea e coração. Também está organizando a criação de um centro de pesquisa e formação profissional em transplantes.

 

Dados de Transplantes no país

De acordo com a ABTO, de 2010 a 2017 o número de doadores cresceu 69% no país. Isso posicionou o Brasil como segundo país em números absolutos de transplantes renais: (5.426). Está à frente da França (3.676), Reino Unido (3.246) e Espanha (2.994) transplantes. A taxa de sobrevida dos transplantados renais é na ordem de 93%.

 

Fonte: Associação Brasileira de Transplante de Órgãos

Portal Hospitais Brasil

 

2018-04-12T13:59:16-03:00