Big data: informações complexas na ponta dos dedos

2013-10-08T00:00:00-03:00 08/10/2013|

A mais nova revolução tecnológica que está mudando a maneira de gerir empresas e instituições tem nome: big data. Esse conceito, amplo e ainda sem uma definição final que agrade a gregos e troianos, tem potencial para auxiliar as organizações a diminuírem custos, aumentar a produtividade e vislumbrar melhorias para aperfeiçoar os processos.

De maneira mais clara, big data é um conceito que define um conjunto de soluções tecnológicas capaz de processar grandes volumes de dados. Ele está sendo usado por diversas instituições e a previsão é que sua utilização cresça cada vez mais. De acordo com projeções do mercado, até 2015 este setor deverá crescer 40% e a quantidade de dados digitais deve passar dos atuais 1,8 zettabyte para 7,9 zettabytes.

“O termo big data, amplamente discutido no mercado, não está mais confinado somente ao domínio da tecnologia. Hoje, é considerado uma prioridade de negócio devido à sua capacidade de apontar soluções para desafios de longo prazo, inspirando transformações nos processos, organizações, indústrias e, até mesmo, na sociedade”, explica o líder da área de Soluções de Information Management da IBM, Marcos Panichi.

Em parceria com a IBM, Wareline oferece solução de big data para instituições de saúde

A Wareline está disponibilizando aos seus clientes o Cognos Insight, uma solução de análise de dados oferecida em parceria com a IBM e totalmente integrada ao seu sistema de gestão hospitalar. A união das ferramentas permite a realização de análises amplas das instituições de saúde que servem como um guia para as decisões do administrador hospitalar. Com os resultados obtidos é possível identificar os riscos que podem atrapalhar a gestão e, com isso, criar soluções para corrigi-los rapidamente. O mapeamento leva em consideração os diversos setores da organização, como o administrativo, o financeiro, o estoque, entre outros.

“O objetivo da Wareline é auxiliar o usuário para que ele consiga tomar as melhores decisões em seu dia a dia, sem depender da equipe de TI. Estamos migrando o conhecimento dos especialistas e analistas de TI para o usuário final. Essa quebra de paradigma traz ganhos para todas as partes e agilidade aos processos”, explica a gerente de marketing da Wareline, Paula Usier.

De acordo com o líder da área de Soluções de Information Management da IBM, Marcos Panichi, o big data é mais do que simplesmente uma questão de conceito, é uma oportunidade de encontrar insights, novos tipos de dados e conteúdos para tornar empresas mais ágeis, além de responder questões que antes estavam fora de seu alcance. “Até o momento não havia nenhuma maneira prática de colher essa oportunidade. Hoje, as soluções de análise de grandes volumes de dados utilizam análises avançadas que abrem portas para um mundo de possibilidades”, completa Panichi.

A integração do Cognos Insight com o sistema de gestão hospitalar da Wareline possibilita a geração de relatórios, dashboards abrangentes, scorecards e análises financeiras e operacionais. Uma funcionalidade que vale ser destacada é a que permite a realização de análises hipotéticas de dados sem alterar a base original das informações. Essa função tem a capacidade de reconhecer tendências e identificar padrões sutis, o que auxilia na tomada de decisões relativas à gestão, oferecendo subsídios para a correção de falhas e, consequentemente, melhorando os resultados. Além disso, o usuário pode explorar, analisar, visualizar e compartilhar dados sem depender da assistência da área de TI.

Ainda de acordo com Paula, o uso do big data está se tornando cada vez mais comum, pois pode ser uma ferramenta estratégica nas organizações de saúde, independentemente de sua dimensão ou natureza. “Ter a possibilidade de analisar uma grande variedade e volume de dados, em alta velocidade e de maneira independente pode ser um grande acelerador do crescimento para as instituições de saúde.”, conclui a gerente de marketing.

Texto publicado originalmente na revista Wareline Conecta – edição 4