Anvisa capacitará pessoas para vigilância

Servidores de carreira das Vigilâncias Sanitárias das regiões metropolitanas de seis capitais, em um total de 300 profissionais, participarão de uma capacitação financiada pela Anvisa.
 
O curso de especialização de Gestão em Vigilância Sanitária foi definido por meio de uma articulação entre a Anvisa e os conselhos nacionais de secretários municipais (Conassems) e estaduais (Conass) de Saúde.
O anúncio da formatação e modelagem do curso aconteceu durante a quarta reunião pública da Diretoria Colegiada (Dicol) da Anvisa, na tarde desta quinta-feira (12/5), na sede da Agência, em Brasília.
A sala de reuniões onde foi realizado o encontro da Dicol foi inaugurada um dia antes, durante a posse do diretor Jaime Moura de Oliveira e a condução do diretor Dirceu Barbano à presidência da Anvisa.
Segundo a agência, a grande complexidade envolvida na tomada de decisão em Vigilância Sanitária exige conhecimento.
A especialização começará no mês de outubro e terá duração de onze meses, com encontros presenciais e aulas à distância pelo Instituto Sírio Libanês de Ensino e Pesquisa, ligado ao hospital de mesmo nome.
A formação beneficiará 210 servidores das Vigilâncias Sanitárias dos municípios. As Vigilâncias estaduais poderão ter 60 inscritos e a Anvisa indicará 30 servidores dos seus quadros para o curso.
As aulas presenciais serão em Belo Horizonte, Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal e Recife.
Fonte: Saúde Business Web
2011-05-24T00:00:00+00:00