A evolução tecnológica e a adaptação humana

2015-05-12T00:00:00-03:00 12/05/2015|

Apesar de todo o desenvolvimento tecnológico dos últimos anos, que nos ajuda a realizar tarefas operacionais de maneira mais simples, controlada e precisa dentro das instituições de saúde, o fator humano ainda é fundamental para o sucesso dos processos administrativos. Afinal, a evolução não pode acontecer apenas no mundo digital. é preciso que o mundo físico, onde as coisas realmente acontecem, acompanhe essas mudanças e colabore para as constantes melhorias do atendimento e do serviço oferecido aos pacientes.

é seguindo essa filosofia que a Wareline trabalha, sempre com foco em desenvolver tecnologia de gestão hospitalar que realmente auxilie os hospitais em sua rotina. Também pensando em como as pessoas são parte essencial desse processo, a empresa promove treinamentos presenciais e online que ensinam na prática como utilizar melhor as ferramentas do sistema para garantir a eficiência em todos os setores.
As instituições de saúde são feitas de pessoas que cuidam de pessoas. Essa é a essência dessas organizações e a tecnologia é um fator que colabora para que a missão delas continue sendo cumprida. Por esse motivo, é importante que os profissionais de saúde entendam não apenas as pessoas, mas também como a tecnologia auxilia e otimiza o seu trabalho, garantindo mais qualidade em suas atividades e um melhor resultado para o paciente, seja em razão de um tempo menor de espera ou uma probabilidade menor de erro em fichas, por exemplo. 
Assim, é essencial que os hospitais invistam no treinamento de seus colaboradores e implantem uma filosofia que incentive o compartilhamento de conhecimento. Apenas com a adaptação das pessoas à tecnologia é que ela poderá ser utilizada em sua total capacidade e proporcionará os benefícios decorrentes de seu uso correto.
A cultura do hospital e até mesmo a forma como cada um trabalha influencia no sucesso ou fracasso do uso da tecnologia aliada à gestão. Mas o fato é que o ser humano se adaptou com muita facilidade às evoluções tecnológicas nos últimos anos e já consegue identificar os seus benefícios, tanto no ambiente profissional quanto na vida particular.
Portanto, o uso total da capacidade dos softwares hospitalares depende de treinamento e não exatamente da vontade de cada um em aderir à sua utilização.
Rodrigo Klein é Coordenador de Educação Continuada da Wareline

Artigo publicado originalmente na revista Wareline Conecta – Edição 08 – Dezembro/2014