3 desafios do governo para startups de Saúde

2015-09-23T00:00:00-03:00 23/09/2015|
O universo inovador, bastante inspirado por regiões como o Vale do Silício, chega ao Brasil, mais especificamente em São Paulo, de maneira oficial. O governador Geraldo Alckmin lançou nesta última quinta-feira (17) a primeira edição do Pitch.Gov.SP, evento com a proposta de atrair iniciativas inovadoras para solução dos desafios da administração pública. Em parceria com a Associação Brasileira de Startups – entidade que representa e estimula o desenvolvimento de startups brasileiras -, o programa será o primeiro do gênero na América Latina.
A intenção é posicionar São Paulo como um dos Estados mais inovadores em seu continente, ou seja, igualá-lo aos pioneiros Estados americanos e do Reino Unido. No Brasil, o Estado já lidera quando se fala em inovação e empreendedorismo. Segundo a ABStartups, São Paulo concentra o maior número de startups, com 28% dos empreendimentos, percentual mais de três vezes maior quando comparado a Minas Gerais, o segundo colocado.
“Quero fazer um convite a todos os startupeiros. Se sua startup tem uma solução para os desafios de São Paulo, venha participar. Está no DNA de São Paulo a inovação, o empreendedorismo, estar na vanguarda da ciência e do conhecimento. Hoje estamos lançando o chamamento de empresas com ideias novas, para melhorar a qualidade do serviço público em setores estratégicos”, comentou Alckmin durante cerimônia de lançamento.
Essa ponte entre startups e o governo, afim de aperfeiçoar a prestação dos serviços públicos, é o grande papel do Pitch.Gov.SP. O governo divulgou 35 desafios para que as startups apresentem suas soluções. Serão selecionadas 15 startups, que deverão ajudar o poder público a solucionar demandas da Saúde, educação e facilidades ao cidadão.
Entre os desafios de Saúde estão:
1. Como tornar o monitoramento de doenças e a disseminação de informações técnicas e confiáveis sobre saúde mais eficientes por meio de aplicativos?
2. Como o médico pode registrar suas conclusões nos exames de forma mais rápida e completa do que a digitação?
3. Como diminuir o número de abstenções em consultas ou procedimentos agendados?
As startups podem se inscrever para concorrer às vagas entre os dias 17 de setembro e 18 de outubro, e as soluções selecionadas irão realizar sua apresentação no grande evento Pitch.Gov.SP no dia 17 de novembro, com a presença de representantes do Governo do Estado de São Paulo, de empreendedores do País, de potenciais investidores e demais pessoas envolvidas nesse ecossistema de inovação.
A ação é coordenada por Karla Bertocco, Subsecretaria de Parcerias e Inovação, ligada à Secretaria de Governo e conta com o apoio das Secretarias da Educação, Saúde e Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, além da Prodesp, Centro Paula Souza, Fundo Social de Solidariedade, Acessa SP e Poupatempo.
Parcerias inovadoras
Além da linha de financiamento às startups, que já existe, o governador Geraldo Alckmin, para fomentar mais essa politica pública, determinou que a Desenvolve SP dê início aos estudos para a estruturação de um novo fundo de investimento em participações (FIP), voltado exclusivamente para startups que desenvolvam soluções para melhoria dos serviços públicos.
Fonte: Saúde Business