25º Congresso Fehosp aposta em parcerias contra a crise

 25° Congresso Fehosp, realizado de 3 a 6 de maio, teve como tema a Superação, inspirado tanto nas Olimpíadas quanto na situação que a Saúde do país enfrenta diariamente. O evento contou com uma inovação, a realização deseis Fóruns Temáticos, que trataram dos assuntos TI e Sistema de Gestão, Gestão de Pessoas, Encontro Jurídico, Compras e Suprimentos Hospitalares, Gestão de Custos e Melhoria da Qualidade e Segurança do Paciente, totalizando quase 500 participantes.

Os fóruns que contaram com mais participantes foram justamente os de Sistema de Gestão e Gestão de Custos, demonstrando uma grande preocupação, infelizmente comum, mas exacerbada pela crise econômica, com os gastos das instituições e como fazer para continuar um atendimento de qualidade, mas sem tantos recursos.“Assim como deve acontecer com os atletas olímpicos e paraolímpicos, as Santas Casas e Hospitais Filantrópicos do Estado de São Paulo devem, nesse momento, se inspirar no espírito esportivo, de equipe, união e formar um grande elo de força e compromisso para conseguir superar os entraves que o sistema de saúde nos coloca a cada ano”, discursou Edson Rogatti, presidente da Fehosp durante o Congresso.

 

Dados apresentados por Rogatti em artigo escrito para Folha de São Paulo em abril mostram a dimensão da situação: os filantrópicos são responsáveis por 56% de todo o atendimento SUS no país, gerando mais de 480 mil empregos diretos e atualmente acumulam dívidas de 21 bilhões, uma vez que o Governo repassa apenas 60% dos custos. Toda essa situação se agrava devido à crise, que fez cerca de 160 mil brasileiros deixarem os planos de saúde privados, migrando para o SUS.

A insustentável situação incita ainda mais a busca por uma solução que ajude a otimizar a instituição, gerindo melhor as pessoas e os custos. A Wareline, que participou da Fehosp, sentiu isso. “O evento teve um número reduzido de participantes, mas houve muitas visitas ao stand que traziam a crise como cerne da conversa, e querem opções para melhorar a gestão dos hospitais”, conta Raphael Castro, gerente Comercial da Wareline.

Rosalina Ribeiro Lima Dias e Maria Cristina Zamai

 

E investir em tecnologia é uma das soluções que torna possível a gestão de custos. Rosalina Dias, diretora técnica do Conderg (Consórcio de Desenvolvimento da Região de São João da Boa Vista) de Divinolândia, refletiu sobre o tema. “O uso da tecnologia é imprescindível na área da saúde e para o gestor, um sistema integrado de gestão possibilita o acesso à informação.A informatização possibilita trabalhar com a visão nos resultados, e a informação adquirida é essencial para análise e tomada de decisões”.

A afirmação é embasada em mais de 26 anos usando nosso software de gestão hospitalar. “A Wareline, acompanhou nosso crescimento atendendo nossas necessidades na gestão da informação e se mantém de portas abertas para implementar ações necessárias para contemplar as novas e frequentes legislações da área da saúde”, conta Rosalina. Em momentos difíceis, é bom contar com parceiros especializados para ajudar na gestão e que proporcionem informações fatuais para otimizá-la.

 

Wareline na Fehosp

No evento, a Wareline apresentou a Conecte/w Indicadores, uma solução de B.I. e análise de dados totalmente integrada ao seu sistema de gestão hospitalar. Entre suas funcionalidades está a realização de análises amplas da instituição, servindo como um guia para as decisões do administrador hospitalar.Também teve destaque as novas soluções do sistema que representam otimização de processos e melhorias na gestão dos recursos, imprescindíveis para as instituições do setor, como o Módulo Guias,Módulo de Lavanderia, Módulo Estoque Web e Conecte/wCaptação.

Confira algumas fotos:

2016-05-13T00:00:00-03:00