12% das instituições certificadas pelo programa de gestão energética e

Desde 2005, a CPFL está com uma iniciativa para profissionalizar a gestão e eficientização energética do setor de saúde. Por meio do programa de Revitalização dos Hospitais Filantrópicos, a empresa visa elevar o desempenho administrativo e a qualidade dos serviços de saúde prestados aos brasileiros.

Com investimento de mais de R$ 1,4 milhão por ano, a iniciativa já beneficiou mais de 70 entidades do interior de São Paulo, capacitou mais de cinco mil profissionais diretamente e 20 mil indiretamente, beneficiando 4,5 milhões de pessoas.

E dos 42 hospitais certificados pelo Programa Ciclo 2008-2010 que receberão certificação de qualidade e gestão nas categorias Ouro, Prata e Bronze, 12% são clientes da Wareline.

São eles:

Categoria Ouro
Santa Casa de Batatais (Batatais)

Categoria Prata
Associação Hospitalar de Bauru – Sede (Bauru)

Santa Casa de Ibitinga (Ibitinga)

Santa Casa de Itapolis (Itápolis)

Santa Casa de Taquaritinga (Taquaritinga)

A Wareline parabeniza as instituições certificadas, pois acredita que essa preocupação com a melhoria dos seus processos internos é mais um passo que os hospitais darão para alcançar a excelência no atendimento prestado.

Conheça um a metodologia do programa*:

O Programa consiste em aplicar à gestão hospitalar aos critérios de excelência da gestão, sistematizados pela Fundação Nacional da Qualidade (MEG-FNQ). O tempo médio de duração de cada edição é de dois anos e, nesse período, é oferecida consultoria direta do CEALAG (Centro de Estudos da Santa Casa de São Paulo). Segundo a empresa informou, em trabalho conjunto, gestores e consultores constroem o planejamento estratégico anual, criam e revisam indicadores administrativos, financeiros, revisam procedimentos do corpo clínico e de enfermagem, ambientais e sociais. Periodicamente, os participantes são auditados pelo CQH (Compromisso pela Qualidade Hospitalar).

Os critérios de pontuação foram definidos pelo CQH para hospitais com mais de 150 leitos. Outro critério de avaliação, criado pela CPFL em parceira com o CEALAG para hospitais de 50 a 150 leitos, também possui as mesmas três categorias e reconhece os esforços das instituições para melhorar os seus processos internos.

Além da capacitação e transferência de tecnologia de gestão, ele fomenta a criação de redes, mobilização social, voluntariado e realiza projetos de eficiência energética. São trocadas lâmpadas comuns por econômicas, equipamentos antigos por novos, ações que impactam na redução do consumo de energia.

A partir de 2012, outras 78 instituições hospitalares serão convidadas a integrar a iniciativa, que beneficiará as regiões de Barretos, Campinas, Marília, São José do Rio Preto e São José do Rio Pardo.

*Fonte: http://saudeweb.com.br/26093/hospitais-filantropicos-recebem-certificacao-da-cpfl-energia/

2011-11-27T00:00:00-02:00