• Colaboradores capacitados

Capacitação em hospitais: cuidar e encantar

2018-11-29T15:46:17-02:00 13/11/2018|

* Tatiana Colombo

No setor de saúde, o desenvolvimento contínuo dos colaboradores é fundamental. Além de novas diretrizes técnicas, práticas e soluções serem lançadas no mercado com frequência, lidar com o atendimento a pacientes requer perícia e atenção diligentes. Hospitais são ambientes complexos, que têm sua rotina baseada em processos e protocolos. Profissionais da área precisam de preparo e treino para responder a esses processos de maneira eficaz. Por isso, é fundamental que as instituições invistam em seu principal ativo: o capital humano. A capacitação em hospitais deve ser uma realidade!

 

Aliar excelência, engajamento e performance da equipe, com atendimento humanizado e boa gestão. Este é o perfil das instituições que investem em ferramentas e programas de gestão de pessoas com foco em melhoria contínua e excelência no atendimento aos clientes. Como parte da rotina, desenvolvem iniciativas de planos de treinamentos estratégicos, fomentam uma cultura de aprendizado e capacitação apoiada pela liderança e promovem a conscientização dos profissionais sobre seu papel na instituição.

 

Por onde começar?

Promover qualificação contínua e com qualidade de escala é fundamental e, ao mesmo tempo, um desafio, já que envolve dedicação de tempo e recursos. A primeira etapa é fazer um levantamento do que precisa ser aprimorado dentro da instituição de saúde. O Levantamento das Necessidades de Treinamento (LNT) é uma técnica interessante. Por meio de observação, avaliação de desempenho, entrevistas, solicitação dos colaboradores e avaliações técnicas permite identificar as carências da empresa e montar um plano para supri-la da forma mais precisa. Importante ressaltar que este plano seja estratégico, com conteúdo atrativo, útil e viável.

 

Paralelamente às formas tradicionais de ensino, inovação nos processos de treinamento de equipes tem sido uma saída interessante para contornar os desafios. Novas tecnologias possibilitam maneiras diferenciadas de ensino, com iniciativas de conteúdo online, educação à distância, realidade virtual, adaptive learning entre outras.

 

Benefícios: capacitação em hospitais

São inúmeros os benefícios decorrentes da busca diligente pela aprendizagem e capacitação em hospitais. Confira os principais:

  • Melhoria do atendimento ao paciente: profissionais que prestam assistência direta ao paciente obtêm um forte sentimento de realização quando sentem que sua atividade faz a diferença na vida das pessoas. Portanto, quanto mais o profissional aprende, mais pode contribuir para resultados junto aos pacientes. As melhores práticas e técnicas mais recentes podem ser incorporadas por meio da educação continuada. Assim como aspectos comportamentais, como o tom de voz a utilizar e até mesmo como reagir em situações adversas.

 

  • Mais produtividade: investir em qualificação impacta diretamente na produtividade dos profissionais. Ao adquirem conhecimentos e técnicas que poderão ser aplicadas no dia a dia, tornam-se empoderados para desempenhar sua função com excelência, alavancando o engajamento.

 

  • Atração de novos pacientes: grande parte de novos pacientes chegam por meio de indicação. Portanto, quando o atendimento é conduzido de forma humanizada, por uma equipe capacitada para atender e se relacionar com os pacientes, o cuidado é capaz de encantar e fidelizar.

O serviço prestado nas instituições de saúde impacta diretamente na vida das pessoas e, cada vez menos, imperícias ou não conformidades são toleradas. Diante disso, treinar e capacitar equipes é essencial para qualificar tecnicamente o capital humano. A cultura e missão da organização tornam-se mais presentes na rotina e a motivação, engajamento e produtividade melhoram. Há impactos nos índices de produtividade, redução de custos e desperdícios, além de queda na rotatividade dos profissionais. E sua instituição, está cuidando da saúde de seus colaboradores tão bem quanto dos pacientes?

* Tatiana Colombo é psicóloga e atua na área de Gestão de Pessoas da Wareline