Indicadores hospitalares são decisivos para gestão do Grendacc

Foi no ano de 1995 que nasceu, na cidade de Jundiaí (SP), o Grendacc, o Grupo em Defesa da Criança com Câncer. Com o objetivo de criar um espaço que pudesse garantir que o tratamento da doença fosse realizado na cidade, a instituição ganhou forma, cresceu e hoje atende cerca de 470 crianças e adolescentes com câncer e doenças hematológicas. Com o rápido crescimento, o Grendacc viu a necessidade de investir em um sistema de gestão hospitalar para ter em mãos, sobretudo, os indicadores que pudessem orientar na tomada de decisão. A Wareline, por ter um sistema completo e  dedicado a reunir dados primordiais para os hospitais, foi a parceira escolhida.
De acordo com o analista de custo do Grendacc, Ricardo Nóbrega, ainda que anteriormente já fosse utilizado um outro sistema informatizado, havia uma grande dificuldade de utilizá-lo e daí a necessidade de uma nova contratação.
“A Wareline foi uma das empresas que veio nos apresentar o seu software e de imediato conseguimos observar as suas vantagens. Hoje trabalhamos praticamente com todos os seus módulos, sendo que ela conseguiu sanar um dos principais problemas que tínhamos, que era a questão dos não trabalharmos com indicadores”, relembra Nóbrega.
Na área da saúde, os indicadores são imprescindíveis para uma gestão precisa e segura. No caso da Wareline, os relatórios gerenciais reúnem o que é mais utilizado pelos administradores e gestores hospitalares, como dados sobre a quantidade de pacientes internados, a taxa de ocupação, o tempo de atendimento e triagem, o faturamento em comparação com o que foi recebido. Os indicadores de glosas e recursos e os custos X receitas também são alguns dos principais indicadores do sistema de gestão hospitalar da Wareline. “Hoje nós usamos esses dados em basicamente todas as reuniões, sobretudo nas administrativas, já que eles são baseados nos relatórios que tiramos do sistema. Taxa de ocupação, taxa de atendimento e, principalmente, taxa de falta são os que mais utilizamos e que os outros sistemas não tinham”, explica o analista.
Além dos indicadores, Nóbrega destaca o custo benefício do sistema Wareline, na medida em que buscavam uma solução completa e que fosse capaz de atender às expectativas financeiras da instituição. Soma-se a isso o fato da plataforma permitir a organização do fluxo de caixa e um controle rígido de todos os gastos, tornando possível identificar e eliminar despesas desnecessárias, realocar recursos para atividades mais produtivas e aumentar os lucros.
“Outro fator decisivo foi a integração do nosso departamento de TI com os funcionários da empresa, pois temos com a Wareline uma relação bem profissional, de cliente e fornecedor, que é fantástica”. Sobre essa relação, o analista de custos do Grendacc também faz referência a todo o suporte oferecido. “Eles conseguem nos atender muito bem, seja por suporte via SOA ou via sistema. Nós estamos com a Wareline e vamos continuar com ela aqui dentro”, finaliza.
Confira a entrevista na íntegra: https://www.youtube.com/watch?v
2017-10-09T11:52:56-03:00